Posts

Alerta: Shampoo Johnson’s tem componente que pode causar alergia cutânea

 Imagem: Reprodução

Saiu no site do Estadão, no dia 1/11 (2011):

Um grupo de ativistas da saúde lançou na terça-feira um boicote ao xampu para bebês da marca Johnson & Johson até que a empresa pare de usar um conservante que o governo dos Estados Unidos aponta como possível causa de alguns tipos de câncer e de alergias cutâneas.

A J&J disse que desde 2009 está empenhada em retirar os conservantes à base de formaldeídos dos seus produtos para bebês. Foi naquele ano que a Campanha por Cosméticos Seguros pela primeira vez apontou problemas no xampu para bebês da multinacional.

“Sabemos que alguns consumidores estão preocupados com o formaldeído”, disse a empresa em nota, “razão pela qual oferecemos muitos produtos sem conservantes que liberam formaldeídos, e estamos eliminando gradualmente esses tipos de conservantes em nossos produtos para bebês no mundo todo”.

A Campanha por Cosméticos Seguros disse em um relatório que a J&J usa o conservante quaternium-15 na sua linha de xampus para bebês vendida nos EUA e em outros países. Esse conservante funciona liberando formaldeídos que matam bactérias.

O Departamento de Saúde dos EUA diz que o formaldeído sabidamente causa câncer, mas que é difícil evitar a exposição a ele, já que a substância é muito usada em diversos produtos, e traços dela podem ser encontrados no ar, especialmente dentro de casa.

A exposição constante também aumenta o risco de reações alérgicas na pele, segundo a Agência de Proteção Ambiental dos EUA.

Apesar disso, não há restrições legais ao uso em cosméticos de conservantes que liberam formaldeídos.

“Claramente não existe a necessidade de a Johnson & Johnson expor os bebês a um conhecido carcinogênico, quando a companhia já está produzindo alternativas mais seguras”, disse em nota Lisa Archer, diretora da Campanha por Cosméticos Seguros, ligada ao Fundo do Câncer de Mama.

A Campanha disse que a empresa já vende xampu para bebês livre de formaldeídos no Japão, África do Sul, Holanda e Reino Unido, entre outros países.

Desde que a Campanha começou a fazer os alertas, a J&J lançou nos EUA uma nova linha, chamada Johnson’s Naturals, que não contém conservantes tóxicos.

A empresa disse estar também empenhada em eliminar o 1,4-dioxane, também supostamente carcinogênico, e que costuma ser encontrado em xampus e outros cosméticos. Ela diz que já reformulou 70 por cento das suas linhas de produtos para bebês por causa disso.

Mesmo assim, a J&J disse que suas atuais fórmulas são seguras, cumprindo ou superando as regras de segurança em todos os mercados onde são vendidos. Uma porta-voz disse não ser possível prever quando os produtos para bebês da companhia estarão totalmente livres de formaldeídos.

 A Campanha por Cosméticos Seguros se descreve como uma coalizão de mais de 150 ONGs, incluindo a Ação pela Água Limpa, o Fundo para o Câncer de Mama e a Amigos da Terra.

Como a matéria merece atenção, achei que valia reproduzi-la aqui, já que indiquei várias vezes o uso do shampoo para a área dos olhos, inclusive fazendo uso dele para este fim, por anos.

Suspendi o uso do “amarelinho” há dois anos, quando minha oftalmo indicou um shampoo manipulado específico para uso na pálpebra.

Pensava que era coisa minha achar que ele irritava meus olhos e dependendo da época, piorava minha blefarite. Mas está aí a possível causa.

Atualmente, uso o Shampoo de bebê da Granado, também indicado pela oftalmo e adoro! É mais concentrado, retira mais e não arde nem um pouco os olhos, nem deixa vermelhos após o uso. Minha oftalmo disse que até as filhas dela usam o shampoo para esse fim.

[Obrigada à Carla Pinheiro por divulgar o link do Estadão no Facebook]

 

8 Comentários

  1. Ivan

    5 de outubro de 2014 em 01:13

    Meu filho 2 meses teve uma alergia em todo o corpo

  2. Amanda Scalz

    21 de maio de 2012 em 10:24

    Nossa uso o j&j a anos e nuncative problema, ele foi o melhor que ja usei a té hoje..

  3. Gabby

    3 de maio de 2012 em 15:04

    Uso o shampoo JJ há bastante tempo para retirar maquiagem dos olhos/rosto e nunca tive problemas. O meu boicote é em relação aos testes em animais que são praticados pela empresa. Desde que descobri isso estou a procura de um shampoo que não irrite os olhos para substituir o JJ, e a Granado é certamente a melhor opção que não testa em animais.

  4. Rose

    7 de novembro de 2011 em 17:06

    Poxa, nunca pensei em procurar formaldeido na formula dos shampoos, é exatamente o formol, dos esmaltes comuns, que provoca minha alergia. Agora sei porque minhas pálpebras estão estranhas e meus olhos ardem com esse danadinho. Obrigada pela informação, ainda não tinha visto em lugar nenhum.

  5. Aninha Prado

    3 de novembro de 2011 em 18:46

    Pode ser pq o shampoo JJ não irrita os olhos do bebê que as meninas acham que é bom para tirar maquiagem. Para mim não funcionou. Acho o shampoo próprio para quem tem blefarite pode ser parecido, mas certamente deve ter algum outro componente que o JJ não tem; deve ser mais suave, né?

    Gosto muito do Granado para tomar banho. Uso o roxinho – o cheirinho é maravilhoso.

    Bjo.

  6. Aninha Prado

    3 de novembro de 2011 em 15:19

    Usei apenas uma vez shampoo JJ nos olhos. Resultado – não tirou máscara waterproof e fiquei com a área totalmente ressecada. E olha que minhas pálpebras são oleosas.

    Nunca entendi pq usar um shampoo nos olhos, assim como nunca entendi usar pomada de hemorróidas nas olheiras……rsrss

    Sei que muita gente adora, mas não vejo sentido. Se fosse bom para os olhos seria vendido para esse fim…..

    Bjo.

    1. Clau

      3 de novembro de 2011 em 17:13

      Aninha, eu não sei se é alguma coisa na fórmula desse shampoos que deve ser muito parecida com a do shampoo que indicam para a assepsia da área dos olhos para quem tem blefarite.
      Uso atualmente porque a Oftalmo indicou já tenho blefarite. Me dei melhor com esse Granado que com o próprio para as pálpebras. Até hoje foi o que menos irritou meus olhos e não causou ressecamento.

      Já o creme de hemorróidas, acho nonsense total…rs
      Mas já tive indicação de nasoconstritor para ajudar a dar uma diminuída na olheira, naqueles dias que ela está braba

  7. Laura

    3 de novembro de 2011 em 09:51

    Nossa, eu usei ele ontem para tirar o rímel!

    Fico pensando se os nossos esmaltes brasileiros, com os famosos formaldeídos, também podem nos causar problemas.

    Bjs.

Deixe sua opinião ou comentário