Posts

Alguns cuidados para evitar aborrecimentos no Mercado Livre

 

O alerta que a leitora Mei me passou via comentário ontem e repassei a vocês por aqui, literalmente deu o que falar.

Eu até já fiz um outro post alerta, mostrando casos típicos de falsificações no Mercado Livre e Ebay. Mas decidi fazer um novo dividindo algumas experiências com vocês. E quem sabe, ajudar algumas pessoas como também fui auxiliada.

No meio do ano, tentei comprar uma câmera digital através de um vendedor no Mercado Livre. Tinha o modelo que queria, na cor que queria e por um preço ótimo. Fui conferir as qualificações e estavam meio a meio e ligando este vendedor a outro, denunciado como fraudador – recebia os depósitos e nunca enviava o produto.

Fiz uma pergunta falando das minhas desconfianças, para ver a reação do vendedor e fui prontamente respondida.

Arrisquei, dei o lance no produto. Ainda desconfiada, após o email com os dados para depósito, enviei um outro, com uma “dúvida qualquer”, que nunca foi respondido. Desisti de fazer o depósito e não poderia ter tomado atitude melhor. O vendedor realmente era o mesmo fraudador de antes e graças à minha intuição escapei de uma furada.

Com esta experiência aprendi algumas coisas:

1- Além das qualificações, quando for comprar um produto no Mercado Livre, verifique todos os produtos que o vendedor tem disponíveis.

Se for “especializado” em algum produto, terá vários semelhantes.

Pode ser um vendedor ocasional (como eu sou). Nesse caso, se for correto, terá sempre boas qualificações, não importa o que venda.

Se uma pessoa vende um lote de batons MAC e outros produtos nada a ver com isso, fique atento.

2- Leia atentamente as qualificações e verifique quantos pontos tem os compradores que deram qualificações positivas.

Corre “em off” que existe um mercado de qualificações falsas e até “compradas” no ML.

Alguns vendedores criam perfis de compradores para se autoqualificarem. Observe se quem o qualificou tem poucos pontos positivos – de zero a cinco, normalmente. E entre no perfil de dois ou três compradores e veja se já comprou com outro (ou com o mesmo) vendedor ou com um que tenha sido “desabilitado da comunidade do Mercado Livre”.

Verifique também se as qualificações deste vendedor venham de compradores que também foram desabilitados.

E leia atentamente o teor das qualificações deste vendedor. Se aparecer algo que indique venda não cumprida, mais de duas vezes, desista.

Dá trabalho, mas foi assim que evitei um aborrecimento maior.

3- O bom vendedor, mesmo ocasional, responderá suas perguntas em até 24 horas e quantas vezes for necessário.

Digo isso, porque sou assim. Sou vendedora ocasional e respondo a todas as perguntas, mesmo as que já respondi anteriormente ou discriminei no anúncio.

Se estiver desconfiado de um vendedor, jogue a pergunta que está achando “tal coisa estranha” como fiz e veja qual a reação.

Vendedor “errado” normalmente tem reação agressiva ou contra ataca.

4- Não compre de vendedor que tenha menos de 97% de compras concretizadas.

Não vale apenas o número do que foi vendido. Às vezes as compras não concretizadas falam mais pelo vendedor que o que correu bem.

“Escarafunche” agora, para não se arrepender depois.

5- Sempre que possível, utilize o Mercado Pago.

O Mercado Pago é como se fosse o “Pay Pal brasileiro”. Nesta modalidade, você só libera o pagamento depois do recebimento do produto. Pode demorar mais uns dias para que o vendedor lhe envie o que comprou, mas é uma segurança a mais.

Eu, por exemplo, só compro eletrônicos ou compras altas via Mercado Pago.

6- O Mercado Livre não tem nenhuma responsabilidade sobre negociações que não dão certo. Especialmente se forem concretizadas via depósito bancário.

Taí a “letrinha miúda” que ninguém presta atenção a menos que tenha um problema. O Mercado Livre é apenas “hospedeiro” da venda, assim como o jornal que veicula um anúncio de classificados. Toda a responsabilidade da mesma reside sobre as partes.

Alguma atitude só pode ser tomada caso o pagamento venha via Mercado Pago. E o Mercado Livre não tem liberado anúncios sem esta modalidade de pagamento. E se você disser no corpo do anúncio que o pagamento é somente via depósito, eles bloqueiam até você retirar a condição.

9- Pesquise sobre o que você pretende comprar.

Veja se existem variações de fábrica, quais são, se tal produto é de Edição Limitada…

No caso das maquiagens MAC, o site Temptalia tem todas as coleções em detalhes. Tem produtos de outras marcas também.

Se estiver diferente de lá, é falsificado.

8- Confie na sua intuição.

É um papo meio “Walter Mercado”, mas intuição, especialmente a feminina,  dificilmente falha.

Infelizmente, o controle que o Mercado Livre tem sobre seus vendedores é mínimo e anos luz atrás da segurança que o ebay tenta proporcionar aos seus compradores.

O ebay não te reembolsa de nada em caso de fraude ou extravio, quem reembolsa é o Paypal, caso você utilize esse método de pagamento e reclame em até 45 dias. Farei uma matéria sobre Paypal, em breve

Mesmo não dando garantias, o ebay tem políticas severas em relação ao que é aunciado lá. Tanto que falsificações lá são praticamente banidas. Não sei como eles conseguem evitar a reincidência, devem controlar o “ip” do usuário que pratica a venda de falsificações.

Alguns exemplos da política rigorosa imposta no ebay:

Há dois anos atrás eles proibiram terminantemente a venda de “samples”(frações). De qualquer tipo de coisa – shampoo, pigmento, perfume. Em coisa de duas semanas (se não menos), não havia nem um vendedor lá para contar história.

Esta restrição tem acontecido em relação a algumas marcas. MoroccanOil é uma delas. Acho que é uma exigência da marca, que contata o ebay. Achar Moroccan lá está cada vez mais difícil e baniram a Dalit.

Isso porque a MoroccanOil teve problemas no repasse de verbas em Israel e deve ter acionado o site.

É praticamente nula a chance de encontrar esmaltes Nfu Oh lá. Deve ser alguma restrição da marca.

Quando a venda irregular é detectada, eles suspendem o vendedor e para voltar é uma negociação rigorosa – sei disso porque a Dalit me contou.

Por isso que denunciar os vendedores irregulares, qualificar negativamente é muito importante. Se fizermos isso com frequência, podemos evitar que esses vendedores se perpetuem cada vez mais, evitando que pessoas que às vezes conhecem pouco o que estão comprando sejam lesadas.

 


19 Comentários

  1. washington

    21 de abril de 2013 em 20:20

    gostaria de saber quanto a gente vendedor paga de comissão de uma venda nao concretizada, é a mesma comissão pela concretizada 10%? Tenho recebido faturas altas por estas vendas não concretizadas se não vendemos acho um absurdo.

  2. Livia Ferreira

    12 de dezembro de 2012 em 10:50

    “4- Não compre de vendedor que tenha menos de 97% de compras concretizadas.” – Essa parte descordo totalmente.. Sou vendedora no ML há 4 anos, com 100% das qualificações positivas, porém este índice de 97% de compras concretizadas é praticamente impossível, em virtude da quantidade de compradores desonestos que dão lance e somem, e só prejudicam a reputação do vendedor. É bom que as pessoas tenham o mínimo de noção antes de comprar, porque infelizmente por causa da má conduta dos compradores, muitos vendedores estão sendo prejudicados.

  3. amanda

    21 de novembro de 2012 em 19:50

    ate hoje não consegui entender quando vc compra algo no mercado livre, o vendedor some com o anuncio porque?qual o motivo disso?complicado né

    1. Clau

      21 de novembro de 2012 em 20:42

      Normalmente quando o anúncio some é porque o vendedor só tinha um item disponível. Quando você dá o lance com o compromisso de compra, o anúncio sai de circulação.

  4. Charlton Hauer

    4 de abril de 2012 em 08:28

    Post "meia boca". Para dar alguns exemplos… não acredito que nenhum vendedor vá responder com agressividade. Pelo contrário, as vendedoras e vendedores desse tipo de mercado estão bem treinados hoje para utilizarem a famosa DISSIMULAÇÃO FEMININA. Elas/eles mentem utilizando de extrema educação.

    Além disso, deixe de ser FEMINAZISTA. Esse negócio de dizer que intuição é algo feminino é a coisa mais monstruosa que já ouvi.

  5. Guyferd

    22 de março de 2012 em 08:34

    Olá, só para deixar um agradecimento agora em 2012 pelo seu post. Sempre é bom saber mais opiniões sobre o ML o/

  6. Lucas

    9 de março de 2012 em 21:25

    Gostei muito do seu blog, mas discordo dos itens 4 e 6:

    4- Não compre de vendedor que tenha menos de 97% de compras concretizadas.

    Sou vendedor desde 2002 e tenho 73% de vendas concretizadas, mas a maioria das vendas não concretizadas são de compradores que simplesmente dão o lance e não respondem os e-mails que envio, eles desaparecem. Como qualquer pessoa pode criar um cadastro sem precisar colocar seus dados pessoais (CPF, RG, endereço e telefone reais…) fica fácil para alguém mal-intencionado prejudicar um vendedor honesto. Além do transtorno, tive que pagar pelas vendas não concretizadas, pois sempre utilizo anúncio prata, que custa R$1,00 mas o ML não devolve se a compra é cancelada.

    6- O Mercado Livre não tem nenhuma responsabilidade sobre negociações que não dão certo. Especialmente se forem concretizadas via depósito bancário.

    Já existe juízo formado (casos semelhantes que foram julgados e resolvidos a favor da parte prejudicada) sobre a responsabilidade do ML sobre as negociações feitas em seu site. As "letras miúdas não tem valor jurídico, elas servem apenas para desencorajar uma possível ação legal contra eles, mas como se trata de uma empresa prestadora de serviços (pois eles cobram porcentagem pelas vendas), o usuário está legalmente amparado pelo Código de Defesa do Consumidor.

    1. Clau

      10 de março de 2012 em 07:41

      Lucas,
      Este post foi escrito já há algum tempo e realmente minha visão sobre os pontos que você abordou mudou, até porque usei o ML para realizar algumas vendas. Não entendo porque aqui no Brasil as pessoas fazem isso de dar lance em produtos e simplesmente não pagarem. Sei que tem pessoas que fazem isso para tentar roubar dados, vendedores que criam usuários fake para qualificarem a si mesmos – normalmente os que fazem isso são vendedores fraudulentos, que recebem o dinheiro e não enviam o produto, caso do que mencionei no meu post e quase fui vítima.

      Suas observações foram úteis e as aproveitarei para atualizar a postagem, especialmente a do item 6.

      Obrigada

  7. Cilene Oliveira

    24 de janeiro de 2011 em 18:55

    Adorei as dicas de compras em sites como ML,etc.Informaçao é importante pois essas pessoas de moral duvidosa se utiliza do pouco conhecimento das pessoas.

  8. Rani

    8 de novembro de 2010 em 05:13

    Oi Clau! Sou vendedora no ML e vivo disso. E como vendedora posso te afirmar que muitas de suas dicas são muito úteis. Porém não concordo com a sua dica de não comprar de um vendedor que tenha menos de 97% das vendas concretizadas, é quase impossível manter isso, porque existe uma infinidade de pessoas que dão lances e nunca mais aparecem, geralmente pessoas com 0 pontos que nunca compraram no ML, assim sou obrigada a negativá-los para não gerar taxas e assim diminuir a minha porcentagem de vendas concretizadas. Nesse momento tenho apenas 80% de vendas concretizadas.

    Uma outra dica que eu poderia dar é que se você fez uma compra e não recebeu o produto o ML é obrigado a lhe devolver o valor pago é o "programa de proteção o comprador", se o vendedor e mercado líder eles devolvem um valor maior, se o vendedor é novo devolvem um valor menor. Não tenho certeza dos valores porém se quiser posso dar uma procurada aqui pra você. Apesar de eles apenas hospedarem o anúncio a Justiça brasileira afirma que eles tem responsabilidade sobre o anúncio, já vi alguns casos de pessoas que nunca receberam o produto e tiveram que entrar no juizado de pequenas causas, elas sempre ganham. E creio que por isso criaram o programa de proteção ao comprador.

    Infelizmente vejo muitas pessoas no Mercado Livre que são desonestas, inclusive semana passada um cara veio me oferecer qualificação positiva por R$10,00. Bloqueei ele e também o denunciei, pois são essas pessoas que fazem com que a reputação de nós vendedores caia. Infelizmente o Mercado Livre ainda precisa melhorar MUITO para parecer com o ebay, principalmente quando se trata de vendedores desonestos.

    Porém nós vendedores também sofremos muito principalmente com vendas não concretizadas. O Mercado Livre não solicita nem cpf de um cadastro novo, a pessoa pode se cadastrar somente com um e-mail (que não precisa ser válido) e nome.

    E o maior problema são produtos falsificados. Minha dica é desconfie sempre, tá vendendo por um preço de banana é porque alguma coisa estranha tem. Eu não compro de vendedores novos, sempre pergunto, tiro qualquer dúvida antes de dar o lance e o mais importante qualquer pontinha de dúvida eu simplesmente não compro.

    E como a Clau disse que no ebay é proibido venda de alguns produtos, no ML também possui umas vendas proibidas, produtos Diesel Fuel For Life, são completamente proibidos, e se houver eles provavelmente não escrevem corretamente o nome do produto.

    Bem espero ajudar a novos compradores com essas dicas para que não caiam em "roubadas".

    1. Clau

      8 de novembro de 2010 em 10:27

      É Rani, vou até corrigir essa informação, porque esse problema de vendedor que não honra lance é fogo…

      Bjs

  9. Cris Pironi

    6 de novembro de 2010 em 22:02

    Ótimo post, Clau!

    Eu tomava esses cuidados qdo comprava e nunca tive problemas, mas sempre comprei a mesma categoria: cosméticos. se possível, retirava pessoalmente.

    Bsss.

  10. Elaine

    6 de novembro de 2010 em 13:30

    Nossa adorei as dicas ,já fiz compras no ML uma delas minha camera digital deu tudo certo , mas pesquisei bem , fiz inumeras pergunta tipo : a chata kkk, só então fechei o negocio sempre fui prontamente atendida>

  11. Cleo

    5 de novembro de 2010 em 16:43

    Clau, tb me considero vendedora ocasional e infelizmente meu índice de complitude é bem menor que 90%, não porque eu deixe de enviar, mas porque existe muita gente que não leva aquilo a sério… Comprador com 0 de qualificação quase sempre me dá problema, clica e some, mesmo eu entrando em contato várias e várias vezes. Vendedor novo com produto raro tb é uma coisa que me afugenta; 2 das 3 vezes que tomei calote lá foi assim. Creio que o item 2 da sua lista faz mais sentido…

  12. Gabriela

    5 de novembro de 2010 em 16:33

    ol ink do vendedor eh este agora ele nao tem.. mas se ver a pontuação dele tem bastante até semana passada estava inclusive recebendo emails que ele estaria recebendo produtos..
    http://www.mercadolivre.com.br/jm/profile?id=5312

    1. Gabriela

      5 de novembro de 2010 em 16:34

      A qualificação negativa que foi feita a primeira foi de uma conhecida que comprou acreditando tbm ser original NAAHMR…(-1) que está no link.. é só ficar de olho que ele logo logo volta a vender novamente.. deve ter acabado o estoque!

  13. Gabriela

    5 de novembro de 2010 em 15:22

    É clau mas nem sempre isso serve..pricipalmente vendor com qualificação boa..

    exemplo tem um vendedor no ml.. onde vende pinceis da mac num preço bem legal..por ter uma boa qualificação minha prima comprou…qdo recebeu era falso..apesar de ter mais de sei la 50 qualificações positivas onde inclusive eram pessoas com mais de 50 estrelas na pontuação etc… tdo qualificando positivo.. como otimo produto etc…

    temos q prestar atenção tbm q mta gente compra e qualifica acreditando ser verdadeiro…e nao conhece mto bem a linha qdo chega axa uma maravilha.e no entanto está comprando gato por lebre..!

  14. Caroline®

    5 de novembro de 2010 em 10:39

    Eu ia comentar justamente que o Ebay é muito mais seguro que o ML. Uma qualificação – boa ou ruim – conta muito pro vendedor. Tanto que uma de quem eu comprei (e deu certo, amém) cobrou que eu a qualificasse! Eu, por precaução, só compro de top-rated sellers, com qualificação de 99%. Leio as resenhas de clientes anteriores (TODAS AS NEGATIVAS, SEMPRE), e vejo outros itens do sujeito. Além disso, faço perguntas, tiro dúvidas.

  15. Daniela Viggiano

    5 de novembro de 2010 em 08:59

    Já comprei alguns cosméticos pelo ML, mas sempre me dei bem, graças a Deus!!!Recomendo as meninas do Beauty Twins, são ótimas e sempre respondem prontamente qualquer dúvida.

    Bjocas

Deixe sua opinião ou comentário