Posts

Base: Dicas e truques iniciais (Parte 1)

 

Imagem: Allure

 

Esse mês (novembro/2011), saiu na Allure um guia mostrando os fundamentos para uma base bem aplicada, com truques e sugestões.

Como tem gente que acompanha o blog e pode estar dando os primeiros no mundo da maquiagem, achei válido trazer mais essa matéria da revista para cá.

Como repassar todas as dicas daria um post super longo, vou dividi-la em duas partes: fundamentos básicos e dicas na escolha (Parte 1) e  dicas e truques de aplicação (Parte 2, será publicada em 30/11)

1- Escolhendo a cobertura e produtos complementares ideais para você:

Geralmente, bases de cobertura mais leve não escondem totalmente as imperfeições. Se é isso que você quer, dispense esse tipo de base.

A revista indica a base Vitalumière Aqua (Chanel) como uma opção leve, mas que disfarça um pouco mais imperfeições.

Imagem: Chanel

Infelizmente, essa base ainda não esta à venda no Brasil, somente sob encomenda.

– Para uma cobertura extra, você não precisa necessariamente de um acabamento mais denso e sim, de maior concentração de pigmentos em sua fórmula.

Uma base que tem essas características é a Matchmaster, da MAC – que está para chegar ao Brasil em breve.

Matchmaster MAC

As “esponjas modernas” dão acabamento maior, com efeito de pele corrigida, porém natural.

Sugestão da revista: Esponja Beauty Blender (Não disponível para venda no Brasil, somente sob encomenda)

Para corrigir espinhas e imperfeições no rosto, prefira corretivos em bastão.

Corretivo em bastão Maybelline

Para as olheiras, os corretivos cremosos ou líquidos são as melhores opções.

  

Corretivos Studio Finish e Tracta

 

O melhor complemento para as bases (caso você ache necessário) são os pós soltos, que finalizam a maquiagem, sem dar um ar pesado. Use um pincel grande e fofo para a aplicação.

 

2- Dicas que fazem a diferença:

– Para achar a base ideal, você deve testar o tom no seu pescoço ou no rosto, na altura do osso da mandíbula, ao lado do queixo.

Aplicando nesta (s) área (s), você tem uma noção exata do tom da sua pele, melhor que no meio do rosto. A cor deve “sumir” na sua pele, não dando diferença de tom para o pescoço nem para o resto do rosto.

A base ficou escura? 

Não há necessidade de comprar outra nova. Misture hidratante facial ou primer à base, em partes iguais, para “dar uma clareada”.

Esfolie o rosto uma a duas vezes na semana para renovar e suavizar a pele.

Com a pele uniforme, o acabamento da base fica mais homogêneo.

Não deixe de hidratar a pele antes de aplicar a base, independente do seu tipo de pele. O hidratante faz com que a base deslize melhor.

Mas não esqueça de deixar a pele absorver o hidratante por alguns minutos, antes de aplicar a base.

Se a base ficar com um aspecto pesado, pressione suavemente um lenço de papel contra a pele, para retirar o excesso de produto.

[Não esfregue o lenço de papel, isto piora mais ainda a situação, porque pode concentrar bases em certos pontos do rosto]

Para um efeito a mais na pele:

Depois que a base é aplicada, o tom da pele fica totalmente uniforme, “chapado”. Par um efeito mais natural, um toque de blush cremoso na parte “mais gordinha” das maçãs e e iluminador levemente dourado no alto delas (aquele osso logo abaixo dos olhos) para um contraste sutil e natural.

Limpe as sobrancelhas:

Base e pó costumam aderir aos pelos do rosto, inclusive nos das sobrancelhas. Após finalizar a pele, passe uma escova levemente umedecida sobre elas, para trazer sua cor natural.

Com essas dicas iniciais, o próximo passo é a aplicação perfeita. Os truques para isto serão mostrados na semana que vem.

7 Comentários

  1. Rashmi tara

    23 de novembro de 2011 em 15:22

    Então Karin, também tenho me ajeitado direitinho com esta da Klass Vough, mas o sonho de consumo é a Beauty Blender!!

    A Clau me ensinou a borrifar água termal antes de aplicar a base, é T-U-D-O!!

    Beijo de Luz,

    Rashmi

  2. Kárin Cardoso

    23 de novembro de 2011 em 12:05

    Olha, pra passar base eu gosto muito de usar a Sponge Drop da Klass Vough meio úmida. Espalho base líquida com ela e fica beeem natural, adoro.
    Comprei a minha por 20 e poucos reais na Audrey (Liberdade, SP).

  3. Rani

    23 de novembro de 2011 em 09:53

    Adorei as dicas Clau. Eu sou péssima quando se trata de maquiagem, essas dicas são super bem vindas. =D

  4. Jaque

    23 de novembro de 2011 em 05:47

    Comprei a beauty blender, mas não gostei. Prefiro a linha sigmax, da sigma. Pra mim, são imbatíveis!

    Bjs Clau

  5. Gabi S.

    23 de novembro de 2011 em 05:21

    ADOREIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ansiosa pelo próximo post dessa "série"!!

    Beijos

  6. Juliana

    23 de novembro de 2011 em 05:20

    Oi Clau, tudo bem?

    Fala como foi o mac me over, foi so no dia de lancamento ou quem quiser pode fazer?

    beijo!

    1. Clau

      23 de novembro de 2011 em 05:46

      Oi Juliana,
      A coleção MAC Me Over, aqui em Brasília, foi lançada ontem com um evento. Algumas pessoas agendavam horário e faziam a transformação. Foi só ontem mesmo e o nº de pessoas foi super limitado.

      Bjs

Deixe sua opinião ou comentário