Posts

Batom Toxic Tale (MAC, Coleção Venomous Villains) – swatches e comparações

Quando a coleção Venomous Villains foi lançada, Renata e eu tivemos a oportunidade de comprar os produtos nos EUA, mas por um problema na fonte das compras – a loja MAC online não aceita mais cartões do Brasil, mesmo com um endereço de entrega nos EUA – e só fomos avisadas disso 3 dias depois da compra, então acabamos tendo que conseguir os produtos através de outros lugares.

Eu que queria o batom Toxic Tale e o esmalte Formidable, acabei só conseguindo o batom.

Na verdade, o Formidable tem um substituto da Orly, o Galaxy Girl, da linha Cosmic FX – informação confirmada pela Christine do Temptalia. Optei por comprar o Orly, que estava mais barato e vem o dobro de esmalte. Quando chegar, mostro aqui

Meu Toxic Tale chegou na sexta-feira (obrigada, Re!) e claro que tinha que mostrar com detalhes para vocês.

Essa cor é uma das que fazem parte da coleção de produtos da Madrasta da Branca de Neve (Evil Queen). A embalagem dos produtos é diferenciada, desde a sua caixa:



Os swatches da Temptalia enganaram muito. Pelo site, a cor parece um coralzinho com toque rosa, mas não é. É um CORALZÃO do tipo neon, na linha do Impassioned.



O acabamento dele é Satin –  semi-matte, condiciona e dá cor intensa. É o mesmo acabamento do Snob, Pink Nouveau, Flashpot (que eu tanto odeio, principalmente pela textura)

Nos lábios:

Testei o batom pela primeira vez diretamente nos lábios e não gostei da textura. Achei aquele seco pastoso – que chamo de “textura hipoglós” – e deu a impressão de mal espalhado nos meus lábios.

Para esta foto, apliquei um protetor labial antes (Rosebud Salve), tirei o excesso com papel e apliquei o batom. Bem melhor.

E aí, quando olho no espelho: “Tchaaaaaaan“, mega berrante!

Tirei o excesso pressionando os lábios sobre um papel e melhorou muito.

Por sinal, melhorou do tipo “amo esse batom para a vida toda” (pelo menos pela vida toda de existência dele, porque quando acabar, já era…rs):

Deu xilique na definição quando aproximei a foto, mas a cor que ficou é essa, coralzinho lindo.

O mais legal desse tom é que conforme o tom da roupa que você está usando, ele fica para o mais rosa, mais para o laranja..

E ele faz sucesso. No dia que usei para ir ao salão, todo mundo falava: “Nossa, que batom LINDO!

 

Como sei que tem gente que vai me perguntar se parece com algum outro da MAC, fiz a comparação dele com dois tons que tenho e que poderiam se aproximar dele:

Impassioned, Toxic Tale, So Chaud

A qualidade da foto ficou comprometida porque o tempo estava nublado quando fotografei.

E batom neon só sem flash para pegar o tom de maneira mais fiel.

 

Na pele:

Como viram, o Toxic Tale é um tom intermediário, entre os dois.

 

 

Infelizmente, essa coleção não virá para o Brasil. E quase já não se encontra mais dele, a não ser com quem trabalhe sob encomenda e tenha algum de pronta entrega.

Li comentários que o Génial, da Chanel segue a mesma linha (porém menos neon) e que Cool Watermelon, da Maybelline também seria outra alternativa ao Toxic Tale.

Se alguém tiver algum destes e puder confirmar a informação, agradeço…

 


18 Comentários

  1. Clau

    31 de março de 2012 em 12:47

    Thaís, eu não sei onde vende Dailus aqui em Brasilia. Acho que nunca falei da marca aqui…

  2. Thaís Mota

    31 de março de 2012 em 12:04

    Clau, aonde vc achou Dailus em Brasilia? Um beijo

  3. Daniela Viggiano

    8 de dezembro de 2010 em 13:11

    Ele é irmão gêmeo do coral polyp!!!!!Igualzinho, só muda o acabamento!

  4. Vanessa Santos

    3 de novembro de 2010 em 17:12

    Tava com medo de comprar ele e ficar muito igual ao Génial, mas no meu tom de boca pelo menos, o Génial puxa bem pro rosa e o Toxic pro coral!!! Amo os 2 !!!

  5. Roberta Souza

    3 de novembro de 2010 em 16:15

    Eu acabei de desapegar do meu Toxic Tale. Pra mim não deu, ficou gritante demais, do tipo que a boca chega antes da gente no lugar, rsrsrsrs. Acho que é por causa do meu tom de pele e dos lábio grossos. Vi que ia acabar não usando.

    Pra quem quer um batom nessa tonalidade, mas bem mais discreto, indico o Pink About It da Revlon. Apesar do nome, é um coral lindo, de textura mate e preço super em conta. O único porém é que essa linha da Revlon ainda não veio pro Brasil.

    Aqui tem uma foto da Victoria Ceridono usando ele:
    http://diadebeaute.files.wordpress.com/2010/04/pi
    Ele é um pouco menos pink e mais coral do que representa na foto.

  6. Milena

    3 de novembro de 2010 em 16:11

    Ai que cor bonita :), mas não fico bem com cores puxadas para o coral :(. Gostou do produtinho que te mandei? ^^

    1. Clau

      3 de novembro de 2010 em 16:49

      Mi,
      Ando numa correria imensa, nem tive tempo de testar a máscara, mas no máximo semana que vem testarei!

  7. Mônica

    3 de novembro de 2010 em 16:09

    Clau, pra variar o seu já chegou e o meu não….rs…mas já estou com medo…comprei baseada nos swachts do Temptalia, será que vou me arrepender???? Nem pensar em usar sozinho???

    1. Clau

      3 de novembro de 2010 em 16:52

      Olha Moniquinha, eu uso dando esse truquezinho do lenço de papel para dar uma apagadinha e estou muito feliz.

      Bjs

  8. Kárin

    3 de novembro de 2010 em 13:49

    Opção creuza: o Pitanga da Dailus (R$5 em média). Pelos swatches que já vi, posso dizer que é gêmeo. O que estraga na Dailus é a embalagem horrenda, mas a textura e o cheiro são ótimos.

    Eu gosto pra caramba de batom que segue essa linha de cor (meio laranja, meio rosa). Acho que fica bonito com pele branca.

    1. Clau

      3 de novembro de 2010 em 14:28

      Kárin,
      Eu não acho esse bendito Pitanga de jeito nenhum. Todo mundo fala dele, mas aqui em Brasília acho todos os Dailus, menos o tal do Pitanga.

      Bjs

      1. Kárin

        4 de novembro de 2010 em 11:05

        Se eu ainda achar onde comprei (uma drogaria perto do trabalho, Rio de Janeiro), posso mandar pra você.

        1. Clau

          4 de novembro de 2010 em 11:08

          Karin, vou ao Rio semana que vem e vou tentar encontrar. Se não achar, te falo.
          Obrigada!

  9. Natasha

    3 de novembro de 2010 em 12:06

    Em mim o Génial puxa mais pro rosa. Um que eu acho muito parecido com o Toxic Tale é o Pink about it da linha matte da Revlon. Encomendei o Toxic Tale sem muita convicção mas adorei. Acho que vai ficar lindo no verão.

  10. babi

    3 de novembro de 2010 em 09:28

    Eu tenho o toxic tale e me decepcionei com a cor. Comprei baseada nos swatches da Christine e pelo que vi lá ele era mais alaranjado e menos neon. Mas quando o vi, caramba, ele é mais pra rosa e é muito forte. Ainda não encontrei uma forma de usar…. nao me arrependi completamente pq eu queria muito a coleção, mas , sem dúvidas, o melhor item da linha é o lipglass strange potion. LINDO.

  11. Rosana Nicochelli

    3 de novembro de 2010 em 06:16

    No começo torci o nariz para esse batom, me arrependi de não ter comprado e acabei comprando logo dois (aloka).

    Ele faz o maior sucesso quando passo. rsrsrsrs.

    Uso ele sozinho ou misturado com o Hue ou Brave New Bronze, para dar uma amenizada. Fica lindo!!!!

    Quanto aos esmaltes, os Orly Galaxy Girl e Space Cadet são ótimos substitutos para o Formidable e o Mean & Green.

    Beijokas.

    1. Clau

      3 de novembro de 2010 em 06:19

      Eu nem iria pedir esse batom, mas a Renata me convenceu de pedi-lo.
      Os esmaltes eu já sabia dos Orly e até já encomendei. Em breve farei uma matéria sobre a coleção Cosmic FX.

      Bjs

  12. Mariana Louren&ccedi

    3 de novembro de 2010 em 06:00

    Essa coleção toda da mac é muito incrivel!

Deixe sua opinião ou comentário