Posts

Contorno e iluminação do rosto: como usar

kim

Imagem: Reprodução

 

Ultimamente, o que mais aparece no Instagram e Facebook são tutoriais ensinando a fazer contorno e iluminação com o maquiador da Kim Kadashian.

O que a maioria das pessoas que passa adiante os tutoriais não mostra é que o contorno e iluminação “a la Kim”, feito exatamente como o maquiador dela faz, só funciona para pessoas com o mesmo formato de rosto dela (oval).

Se uma pessoa com o formato de rosto redondo contorna e ilumina é feito na Kim, corre o risco de ressaltar ou camuflar áreas que não necessitam, evidenciando mais ainda certas características.

 

E que tipo de contorno faço para o meu formato de rosto?

 

Basta seguir o gráfico a seguir para saber o formato do seu rosto e onde você deve contornar e iluminar:

 

Contorno e iluminação para cada tipo de rosto

Imagem: Reprodução

 

Vale lembrar que correção (contorno) e iluminação pesadas, feitas com corretivo ou bases cremosas são técnicas usadas em maquiagem mais profissional. Quando fazemos curso profissionalizante de maquiagem, contorno e iluminação normalmente são indicados para noivas, maquiagem de editorial e TV. Justamante por exigirem uma maquiagem mais pesada, que fotografe melhor.

A técnica que o maquiador da Kim usa é praticamente a mesma que as drag queens usam. Só a quantidade de produto que é um pouco menor e os tons menos artificiais. Mas até o princípio de luz e sombra que ele se baseia para definir o rosto dela é semelhante ao da maquiagem das drags.

Treino e acertar o formato do rosto são fundamentais. Também é preciso espalhar bem o corretivo ou base mais escura, para não ficar muito evidenciado o desenho feito, dando um ar artificial. Portanto, aplique produto aos poucos e certifique-se se espalhá-lo bem e da maneira correta.

Na minha opinião, não há necessidade de se fazer contorno na maquiagem do dia a dia. Vivemos em um país com clima quente na maior parte do ano, o que tende a “derreter” a maquiagem ao longo do dia e com muita incidência de luminosidade – o que é fatal para “entregar” maquiagem muito montada.

Para o dia a dia seria mais adequado fazer esse jogo de luz e sombra usando pó e/ou sombras. Assim, fica mais fácil corrigir algum excesso. Partir para o uso do corretivo, só com mais prática e bastante conhecimento de técnica. Senão, corre o risco de a maquiagem ficar pesada demais.

Um pó bronzeador em áreas estratégicas (queixo, testa, laterais do rosto, maçãs e nariz) e um iluminador em caneta no centro do rosto (fiz um vídeo mostrando aqui), já são suficientes para criar um jogo de luz e sombra bem adaptáveis à maquiagem do dia a dia.

Assim, o risco de sair com maquiagem de drag queen é menor…

Deixe sua opinião ou comentário