Posts

Cosméticos em Buenos Aires

bobbi BsAs

 Loja da Bobbi Brown – Galerias Pacífico

Imagem: Vogue

 

Buenos Aires não é uma cidade que valha à pena conhecer esperando fazer várias comprinhas de cosméticos. Pelo menos, não no comércio local.

Há alguns anos, soube que super valia trazer de lá produtos L’Oreal Profissional em embalagens de litro mas, atualmente, nem isso compensa.

Ainda assim, acho que vale deixar o roteiro e as dicas do que vocês podem encontrar, produtos e lojas diferentes, mesmo que o preço seja bem similar ao daqui.

 

Farmacity:

Imagem: Reprodução

 

A Farmacity é a rede de farmácia mais famosa de lá. É mais ou menos como a CVS ou a Walgreen’s nos EUA. Tem lojas espalhadas por toda a cidade, praticamente uma por quarteirão.

Tem produtos de marca própria – inclusive maquiagem – e vende marcas conhecidas como Rimmel London, Maybelline, L’Oreal, Neutrogena e Revlon.

Os produtos dessas quatro últimas marcas não compensam pelo preço – os mesmos daqui – mas por alguns produtos que não temos aqui.

L’Oreal e Revlon é melhor deixar para comprar no free shop.

Foi lá que encontrei a versão do meu querido, amado Ice Shine da Pantene:

 

Las Margaritas:

A Las Margaritas é a versão argentina daquelas lojas de produtos para cabeleireiros que temos aqui no Brasil.

Lá encontramos uma variedade grande de produtos para cabelos de boas marcas – Wella, L’Oreal Profissional – além de produtos para maquiagem e manicure profissional.

Os preços não compensam, mas a vantagem é que alguns produtos Maybelline, L’Oreal, Rimmel, Revlon têm testers.

A loja mais completa da Las Margaritas fica na Av Córdoba (4633) – com certeza você passará por esta loja quando for visitar a área dos “outlets”.

 

Pigmento:

Imagem: Reprodução

 

A Pigmento é uma mistura de Las Margaritas e Farmacity, com a diferença que eles vendem perfumes. Estive na loja que fica na Corrientes e achei muito boa.

Foi lá que achei o Pantene em vidro de 750 ml e a máscara da mesma linha, que ainda não tinha visto em nenhum outro lugar – nem nos EUA.

Em termos de preço, a mesma coisa daqui.

 Lojas da Avon:

Imagem: Reprodução

 

Eu passei por uma, mas não deu tempo de visitar.

A marca tem algumas lojas espalhadas pela cidade, onde você pode experimentar os produtos da marca.

Não sei dizer se os preços são o mesmos daqui, mas soube que costumam mais produtos que os vendidos nos catálogos brasileiros.

 

Kryolan:

Imagem: Reprodução

 

Se você ama maquiagem ou é maquiador, tem que passar na loja da Kryolan, nem que seja para saber porque a marca é tão querida pelos profissionais do ramo.

Lá tem as famosas paletas de corretivos, pincéis, maquiagens com todos os acabamentos e textura.

Os preços não são super baratos – a “rodinha”(color wheel) de corretivos sai a R$ 90. Você consegue comprar a mesma por R$ 50 -60 no ebay – mas vale por ver e testar as opções e porque os produtos são bem mais em conta que os da Kryolan aqui no Brasil (SP).

Além dos produtos, a loja oferece cursos a preços super bacanas. Queria muito ter feito a “Jornada de Maquiagem Profissional de Olhos”, que dura 6 horas e custava R$ 150 mas, infelizmente os cursos entraram em recesso até janeiro.

A Kryolan fica na Gallo 500 e o site é kryolan.com.ar

 

Galerias Pacífico:

Imagem: Reprodução

 

Galerias Pacífico – qualquer semelhança com a Galeries Laffayette de Paris não é mera coincidência – é o shopping mais tradicional da cidade.

Espalhados por ele encontramos quiosques de marcas famosas de cosméticos – Lancôme, Estée Lauder, Revlon, L’Oreal, La Roche, Biotherm, entre outros. Lá também estão as lojas da Chanel, Bobbi Brown e MAC, onde uma parte da loja é a MAC PRO.

Mais uma vez, os preços são os mesmos das lojas daqui. Vale por alguns produtos que não temos ainda disponíveis aqui.

MAC, já valeu à pena porque algumas coleções chegavam antes lá. Hoje em dia, nossas lojas estão mais atualizadas que as deles, duas a três coleções na frente – quando estive lá, em dezembro, nem tinham recebido ainda a coleção de Natal. Vale mais pela MAC PRO que tem produtos e tons que não encontramos nas lojas daqui.

As lojas da Bobbi Brown e Chanel são maravilhosas, mas os preços tão absurdos quanto os cobrados aqui. Um bronzer da Bobbi Brown lá custa R$ 120.

 

Vz:

 

Se você adora a Lush e a Emóprio Body Store, com certeza irá adorar a Vz. Lá tem um monte de opções legais de produtos para o corpo, cabelos, sabonetes, aromatizadores de ambiente, além produtos em miniatura que servem como ótimas lembrancinhas de viagem.

[Quem é fã de cheirinho de baunilha e chocolate irá se perder na loja]

Foi lá que comprei o leave in de maçã verde que mostrei no vídeo de comprinhas. Também comprei dois aromatizadores de ambiente que adorei: um com cheiro de grama (me arrependi de não ter trazido um refil dele) e um à base de lavanda, relaxante, para o quarto.

Aromatizadores de Ambiente Vz

É uma das poucas lojas que compensam as compras. Os aromatizadores saíram em torno de R$ 25 (cada) e o leave in R$ 15.

Tem lojas da Vz em praticamente todos os shoppings de Buenos Aires.

 

Não é loja de cosméticos, mas vale a menção – Morph:

 

A Morph é uma mistura de Imaginarium com Tok & Stok. Lá tem coisas super bacanas para casa, para o quarto, banheiro, nécessaires… Quem adora coisas fofas e moderninhas irá amar a loja – aliás, acho difícil alguém não gostar da Morph.

Ótimos preços e excelente sugestões de coisinhas para a casa ou dar de lembrança.

Também tem lojas em quase todos os shoppings da cidade.

 

Duty Free do aeroporto de Ezeiza:

Imagem: Reprodução

 

Se você quer comprar cosméticos na Argentina com os melhores preços, esse é o lugar. Aliás, é o único lugar da viagem onde você  irá encontrar variedade e preços mais próximos aos dos EUA.

O free shop de lá é enorme, portanto, programe-se para chegar com, no mínimo, três horas de antecedência do seu vôo.

E tem quiosque da MAC, bem atualizado.

O quiosque da Chanel é bom, mas os lançamentos estão meio defasados.

Segure a tentação de comprar L’Oreal e Revlon para se jogar nos quiosques das marcas no duty free.

Também tem esmaltes OPI – o preço é quase o mesmo daqui do Brasil, mas a variedade de produtos e tons é enorme.

Alguns preços são um pouco mais caros que nas lojas dos EUA – o BB Cream da Clinique lá custa U$ 44 e U$ 37 nas lojas dos EUA.

A dica é marcar seu voo para sair da Argentina pelo aeroporto de Ezeiza, que dizem que é o melhor.

 

Como disse no início do post, Buenos Aires não é o lugar que mais compensa para comprar cosméticos. Mas a gente acaba caindo em tentação com algumas novidades que não encontramos aqui. E no Free Shop, claro.

 

Deixe sua opinião ou comentário