Posts

Di.ver.si.da.de: Nunca mais comprarei!

Já comprou um produto “aclamado pela multidão” e detestou?

É disso que iremos falar no tema de hoje do Di.ver.si.da.de.

E respondendo à pergunta, meus produtos são:

1- Studio Fix (MAC), versão pó:

Deixou meu rosto com “cara de pó” e não fez nada pela oleosidade da minha pele.

Se aplico água termal para aliviar a aparência de pó no rosto, fica com aparência de que apliquei base líquida e efeito matte passa longe.

Reprovado.

2- Máscara Diorshow, Dior (versão tradicional):

A primeira máscara poderosa que comprei e qual foi a minha decepção em ver que ela não fez esse efeito todo em mim.

Escova enorme, difícil de usar. Sem contar que se você for a um casamento e chorar, termina a cerimônia toda borrada.

As outras versões (curvadora e Black Out) cumprem melhor a tarefa.

3- Primer Laura Mercier:

Virou modinha nas comunidades de makeup do Orkut há um tempo atrás.

É mais caro que  maioria dos primers (U$ 30) e não fez nada visível pela minha pele.

Sem contar que tem um cheiro medonho de óleo de rícinio.

Serviu como hidratante para o dia na minha viagem nos EUA, ajudando a dar uma amenizada na pele craquelada pelo frio. Mas não é para isso que ele serve, né?

Graças ao uso, consegui finalmente acabar com o meu tubo.

Já foi tarde.

***

Quais serão os produtos decepção dos outros blogueiros? Estou curiosa!

Confiram clicando:

 
 Política de conteúdo e divulgação: 
Os produtos e serviços resenhados e mostrados no DZLBLOG pertencem à autora ou são cedidos pelas empresas ou estabelecimentos em cartáter de cortesia e/ou divulgação. 
As considerações feitas sobre os produtos e serviços testados/mostrados refletem as reais opiniões da editora.
Em caso de publicidade, os referidos posts levarão as "tags" #ad ou publieditorial.

8 Comentários

  1. Mandy

    1 de fevereiro de 2010 em 15:24

    Nossa, pagar caro e ser ruim não pode, que raiva, heim?

  2. Janny

    1 de fevereiro de 2010 em 15:15

    Olha, também não gostei do Studio Fix na minha pele. Encostei minha pancinha no balcão da MAC e pedi à maquiadora para recomendar produtos para pele oleosa . Ela passou uma base "oil-free" e o Studio Fix por cima. Alguns minutos depois, a minha pele craquelou e eu parecia uma atriz maquiada pra ser velha no filme!!(Benjamin Button feelings). E AINDA POR CIMA, o famoso pincel da MAC da mulher soltou pêlos no meu rosto!! Fiquei assim "o lobisomem velho da rua sinistra". AMO os batons e sombras da MAC, mas base, fico mesmo com a Clinique e, pasmem(!), com a Covergirl.

    Cai o mito, gente.

  3. Marilene

    1 de fevereiro de 2010 em 14:13

    Oi Clau!

    Bom, eu até gosto do Studio Fix, mas o meu produtinho Detestável ganhou de todas… Rs… Pincel Prada, aff! Muito Ruim.

    Clau, eu fiz curso de maquiadora e as meninas tinham vários da Prada.

    João levou para o trabalho dele, disse que vai fazer uma pintura com tinta guache! Kkkkk

    O Primier que você citou eu nunca experimentei e o rímel eu nem me importo. Me dou bem com a Telescopic e com a da Eyeko.

    Beijose

  4. Tati

    1 de fevereiro de 2010 em 11:07

    Bom saber, tava doida pra comprar o Studio Fix =O

    Imagina no meu rosto que qualquer pó já fica evidente… tenho que tomar muito cuidado na hora de escolher 🙁

    Beijão Clau
    .-= Tati´s last blog ..Quais os produtos que não cumprem o que prometem? =-.

  5. Cris Pironi

    1 de fevereiro de 2010 em 10:50

    Putz, meu medo de comprar o Studio Fix pra mim é exatamente esse, não curto isso.

    Uma dica que a Vanessa Rozan deu foi a de borrifar água termal depois de aplicar, pra reduzir esse aspecto de pó.

    Bjooo.
    .-= Cris Pironi´s last blog ..[di.ver.si.da.de] Quais os produtos que não cumprem o que prometem? =-.

    1. Clau

      1 de fevereiro de 2010 em 11:06

      Pois é Cris, foi o que disse na matéria: essa técnica da água termal reduz o aspecto de pó, mas deixa com cara de base líquida.

  6. Flávia Olivei

    1 de fevereiro de 2010 em 10:01

    Ainda bem que os meus arrependimentos foram mais baratos. Hehehehehe. Se arrepender em comprar MAC é o fim do mundo, né? =(

    Beijos.

    1. Clau

      1 de fevereiro de 2010 em 10:20

      Flávia: teve época em que comprava MAC aqui no Brasil. De base a sombra.
      Me arrependi de comprar algumas coisas como o famosérrimo fast response (creme para olhos), máscaras de cílios (a melhorzinha é a Dazzle Lash) e o tal do produto para sobrancelha que eles insistem em empurrar.
      Hoje em dia me mantenho nas sombras, blushes e batons da marca.
      Novidades, só se experimentar na pele antes.

Deixe sua opinião ou comentário