Posts

Esmalte (bafônico) da semana

Clique na foto para saber o nome do esmalte

Não é genérico, nem misturinha.

É ele, o mito, “the one and only” Particulière (Chanel)

Vale todas as cópias, todo “zumzumzum” envolvendo a cor, que é perfeita, elegantérrima e diria até atemporal.

A cor da foto está super fiel. Tanto que foi tirada do celular e eu mantive esta mesmo.

Me veria daqui a 10 anos usando ele tranquilamente.

Diria que foi uma das melhores compras de 2010. Valeu cada real que paguei – bem menos que na Sacks, porque encomendei.

 

Literalmente, a cara da riqueza!

 

E é impressionante como um esmalte de uma cor que não é berrante chama tanto a atenção.

 

No salão, duas perguntaram qual era a cor (e choraram de raiva quando descobriram que o esmalte era meu), mais umas tantas que ficaram olhando direto para as minhas mãos.  Na fila do cinema – fui ver SATC2 na primeira sessão que pude – mais umas tantas de olho comprido e mais um grupinho no banheiro do shopping que me perguntou qual era. Isso porque não tinha nem duas horas que havia colocado o esmalte.

 

A Renata me disse que isso havia acontecido com ela, de gente parar na rua e perguntar qual o esmalte que ela estava usando. Disse que foi assim enquanto esteve com ele nas unhas

 

Na terça tem comparação entre ele e os nacionais similares, para mostrar se realmente existe uma cópia fiel dele.

 

 

Beijos e bom fim de semana

 

9 Comentários

  1. Ana Lucia Gabrich

    22 de janeiro de 2011 em 15:39

    Clau, já experimentei vários…genéricos, misturados. Não tem jeito; esta cor bonita, só mesmo o Particulière.

    1. Clau

      23 de janeiro de 2011 em 14:23

      Concordo com você. O Particulière é único.

      Bjs

  2. Giovana

    31 de maio de 2010 em 12:49

    Acho que sou a única que não deseja desesperadamente um Particulière. Acho os esmaltes da Chanel um sonho (principalmente o Vendetta, o Blue Satin e o Jade), mas tenho implicância com esses tons meio cinzentos, embora tenha comprado um bastante similar, da Big Universo, o Pandora (que, pela sua foto, é realmente parecido – fica a dica de um baratinho na tonalidade da moda). Ele é bonito e durou bastante pra um esmalte da BU (tô achando que eles mudaram a fórmula nessa coleção inverno) mas, ainda assim, não teria coragem de investir num Chanel nesse tom…

    Bjos!

  3. Tatiana

    30 de maio de 2010 em 19:46

    Lindo demais! Muito elegante!! bjos

  4. Mandy

    30 de maio de 2010 em 18:06

    Muito bonito, mas eu n uso marrom. menina, nunca gostei, nem de marrom nem de verde musgo e amaraelo!

  5. Rosana Nicochelli

    29 de maio de 2010 em 09:30

    Aconteceu o mesmo comigo. Todo mundo perguntando qual esmalte eu usava.

    Vc tem toda a razão: o Particuliere é atemporal!

    Beijokas.
    .-= Rosana Nicochelli´s last blog ..ro_nicochelli: Helloooo!! Feliz sábado a todos. =-.

  6. Mi

    29 de maio de 2010 em 09:03

    Clau, eu não tenho o particulière, mas fiz aquela misturinha genérica "Jackie + Capuccino".

    Eu amei. Achei chique, rhyco, etc., mas TODAS as pessoas que conheço odiaram, acredita?

    🙁

    Não teve uma alma bondosa que tenha gostado – experiência diferente da enfrentada com os neons, os azuis, os verdes, os rosa chiclete, que sempre eram elogiados por alguém.

    Fiquei bem frustrada…

  7. Priscila Caldas

    29 de maio de 2010 em 09:01

    A cara da riqueza!

    Arrazou…!

    Quero saber logo qual dos nacionais se aproxima mais pq ainda não tenho $$ pra comprar o luxo, não!!!

    Bjuxxx

    @PriscilaCaldas

  8. viviane tassi brabos

    29 de maio de 2010 em 06:55

    Ele é mesmo lindoooo, não é à toa que estpa todo mundo querendo, virou mania entre as mulheres, 10 em cada 10 queria um vidrinho de esmalte tão valioso quanto esse.

    Bjos

Deixe sua opinião ou comentário