Posts

Eu fiz: tratamento para os cabelos à base de carbocisteína

Imagem: Reprodução

[Post originalmente publicado em 11/04/2012]

Há alguns anos fazia a controversa escova progressiva com formol, duas a três vezes ao ano, assumindo os riscos do polêmico tratamento.

De uns tempos para cá, percebi que meu cabelo estava ficando ralo e minguado. Sem contar a oleosidade na raiz, efeito típico de quem faz progressiva. Achava até que o cabelo estar mais ralo poderia ser por alterações hormonais. Foi aí que, no salão, ouvi um dos cabeleireiros falar que progressiva acabava causando esse efeito “ralo” no cabelo com o passar do tempo.

Ainda na conversa do salão, o cabeleireiro citou um tratamento à base de carbocisteína, que ajudaria a dar um jeito no efeito frizz, uma tratada e fortalecida nos cabelos, sem o uso de formol e fui procurar saber melhor…

Descobri que a carbocisteína usada nos tratamentos de cabelo é uma substância à base de aminoácidos e vegetais que reduz o volume, hidrata e dá brilho aos cabelos. Algumas fórmulas misturam Ácido Glioxílico à carbocisteína para obter o mesmo efeito da escova com formol. Outras misturam formol à formula.

Fui conversar com a pessoa que aplica o tratamento, que me explicou que o produto que usa (Prunus) não leva adição de formol.

Segundo a marca:

O produto age nas moléculas de cistina religando tudo que foi danificado por outras químicas, porém deixando seus cabelos extremamente flexíveis, dando maciez e brilho intenso, reduzindo em até 80% do volume.

Indicado para todo tipo de cabelo químicamente processado.

Como a Cris (a profissional responsável pelo tratamento) me pareceu totalmente segura não só da fórmula do produto, como tudo que envolvia o procedimento, decidi fazer a escova.

O resultado foi ótimo! Meus cabelos ficaram mais disciplinados se expostos à umidade  – que é o motivo que me fazia recorrer à progressiva – mais leves, suaves, fáceis de ajeitar. Mas sem as pontas esticadas, nem a raiz oleosa. E o cabelo também não ficou minguado demais.

O procedimento é como o de várias “escovas”: lava-se o cabelo, aplica-se o produto, deixa agir por um tempo, escova e/ou prancha  os cabelos (se for o caso) e depois lava-se o cabelo. Na hora aplicação não tem falta de ar, olhos ardendo, garganta seca nem fumaça em excesso – efeitos de escovas com formol e similares.

Para quem usa tintura, vale lembrar que o tratamento dá uma desbotada na coloração. Então é bom deixar para colorir os cabelos dias depois.  O meu tem resistido bem aos retoques da tintura.

Conversando com a Cris, ela disse que o procedimento não alisa, apenas disciplina os cabelos. Se seu cabelo já tem tendência a alisar com facilidade, após o procedimento, apenas o jato do secador já o deixará liso, sem muito esforço.

Quem tem cabelos mais crespos vai perceber uma melhora na maciez e notar os cabelos mais leves e fáceis de ajeitar, mas não notará alisamento.

A durabilidade da escova depende do quanto você lava, se usa produtos de boa qualidade para a manutenção dos cabelos e se faz ou não uso de tintura. Pelo que venho observando, pela frequência que retoco a tintura, terei que refazer o tratamento a cada três meses. Se não fosse por isso, acho que o efeito duraria mais.

O preço do tratamento é a partir de R$ 280 – este valor aumenta conforme o comprimento e volume dos cabelos.

Para saber mais informações, entre em contato com o salão Beaumont (em Brasília – DF) pelo: 3345-4152 e agende um horário com a Cris, a responsável pelo tratamento.

O Beaumont fica no comércio local da 212 Sul, perto da Royalle Cosméticos.

Este post não é um publieditorial.

 
 Política de conteúdo e divulgação: 
Os produtos e serviços resenhados e mostrados no DZLBLOG pertencem à autora ou são cedidos pelas empresas ou estabelecimentos em cartáter de cortesia e/ou divulgação. 
As considerações feitas sobre os produtos e serviços testados/mostrados refletem as reais opiniões da editora.
Em caso de publicidade, os referidos posts levarão as "tags" #ad ou publieditorial.

37 Comentários

  1. Maria

    7 de abril de 2015 em 01:16

    Eu tenho cabelo cacheado e uso a carbocisteína sem completar todo o processo de finalização ( escova e chapinha), desse modo consigo raiz controlada e cabelo hidratado, o tempo de duração é curto, pois lavo bastante, porém vale a pena por não alisar o cabelo e ser menos agressivo. Super recomendo!!

  2. Renata

    9 de outubro de 2014 em 17:35

    Clau, quanto tempo dura o tratamento. Beijos!! 🙂

    1. Clau

      9 de outubro de 2014 em 22:19

      Depende dos seus cabelos e o que você faz nele. Retoco as minhas raízes a cada 3 semanas. Para mim, a escova dura dois meses.
      Para quem faz luzes/ballayagem, cada vez que retoca-se a química, perde-se o efeito da escova.
      Se os seus cabelos não são tingidos ou o retoque é mais espaçado, o efeito dura mais.
      Bjs

  3. Alessandra Matos

    26 de junho de 2014 em 06:58

    SOCOROOOOO, FIZ ESSA PROGRESSIVA DE cabo meu cabelo queé loiro acinzentado ta ruivo, laranja, cenoura sei lá ta uma cor horrivel, pintei no mesmo dia pra ver se a cor volta ao normal, e a cor nem se moveu, não sei o que faço, não to saindo nem na rua.

    1. Laine Santos

      7 de abril de 2015 em 09:54

      Olá Alessandra. Seu comentário já tem um tempo. Como resolveu seu problema? Eu quando usava cabelo loiro, só usava shampoo e máscara roxa. Mas sempre que eu usava carbo, eu perdia todo o meu trabalho de dia-a-dia. Então eu matizava com violeta genciana que comprava na farmácia. Adotei o cabelo de cor natural, nada de tintura e tenho um cabelo hidratado e com vida. Estou melhor assim, menos trabalho rsrs.

  4. Priscilla

    14 de julho de 2013 em 12:17

    Clau, fiz a escova de carbocisteína no salão Moma, na 412 sul, conhece? Os produtos utilizados são da marca Kerativa e realmente cumpre o que promete! O cabelo ficou maravilhoso! Tô querendo fazer umas mechas no cabelo mas tenho medo de acabar com o efeito do tratamento, será que isso acontece?

    1. Clau

      14 de julho de 2013 em 18:39

      Bem provável q aconteça. O meu durava no mínimo duas tinturas – e uso tonalizante. Fazia a coloração e a carbo 1 semana depois.
      Essa sua não conheço, só a da Prunus mesmo.

    2. Izacarla

      13 de agosto de 2013 em 20:29

      Faço a carbo da Amend , tenho os cabelos com cachosbem pequenos e ficou muito bom. Meu cabelo na verdade ficou maravilhoso, eu mesma aplico a cada três meses.Durante o processo, passo mais vezes a chapinha na raiz e menos vezes no comprimento. Assim ele continua com os cachos bem largos. Hidrato semanalmente e uso colorante sem amônia.

  5. Miucha

    12 de julho de 2013 em 18:54

    Clau, eu também comecei a fazer na mesma época que você e com aquela escova que você me recomendou.
    Mas ainda sinto que os cabelos continuam minguados e as pontas esticadas (mesmo não aplicando no comprimento todo, só da raiz até uns 5 dedos).
    Como faço sempre com o meu produto, sei que não é colocada nenhuma substância a mais.
    No final das contas, achei que troquei seis por meia dúzia. Estou tentando parar com tudo e assumir meu cabelo bipolar…

  6. leide

    18 de maio de 2013 em 14:56

    boa tarde, gostaria de saber quais os danos causados pela carbocisteina? pois fiz duas selagens usando este produto e amei o resultado, mas algumas cabeleireiras me disse que ficarei refém do mesmo, pois a carbocisteina nao é compativel com nada, e além do mais nao posso fazer luzes. nem mechas e nem pintar, pois se nao o meu cabelo cai, isso é verdade? por favor me ajudem estou desesperada, preciso de uma opinioa de outro profissional que nao seje da minha cabeleireira.
    obrigada!

    1. Clau

      19 de maio de 2013 em 18:48

      Provavelmente o (a) cabeleireiro (a) que fez o procedimento usou alguma coisa a mais misturado à carbocisteína que fez em você. Porque a que faço não tem nenhuma contra indicação com tintura e mechas.
      Você deve perguntar que produto está na fórmula que te proíbe de fazer outros procedimentos químicos, ele (a) deveria ter te alertado quanto a isso antes de realizar o procedimento.
      Não sou cabeleireira, portanto, não posso saber o que há na fórmula que te impeça de realizar outras químicas. Mas, a pessoa que fez o procedimento em mim disse que algumas marcas e profissionais agregam produtos como formol, guanidina e similares à carbocisteína.

    2. Susannah

      13 de junho de 2013 em 11:36

      Realmente, a Carbocisteína não é compatível com outros alisamentos e nem descolorações. Que fizer é pela própria conta e risco. Vai ficar igual ao Neymar, vai curtir um tempo e depois perder tudo.

      1. Clau

        13 de junho de 2013 em 17:44

        Susannah,
        Em que você se baseia para fazer essa afirmação com tanta certeza?

    3. Aline

      12 de julho de 2013 em 20:44

      Leide, não sei se verá este comentário, mas cuidado com técnicas como esta se seu cabelo está fragilizado. E se um cabelereiro responsável te falou da incompatibilidade, acredite nele! Estou há 1 ano em tratamento por conta de um corte químico provocado pela ganância de um profissional que mentiu para mim sobre a compatibilidade de escovas e alisamentos. Perdi vários fios, fiquei com falhas… um horror! Agora, estou esperando o cabelo crescer num tamanho razoável para corta-lo e assumir meus cachos. Fiquei traumatizada com alisamentos.
      Bjo!

  7. maria

    17 de maio de 2013 em 22:00

    Também fiz o Tratamento Soho achando que iria apenas organizar meus cachos…infelizmente meus cabelos estão super lisos e também ficou alaranjadíssimo…Claro que melhor que uma progressiva é,no caso de quem quiser alisar.A profissional disse que apenas definiria meus cachos…mas não…Minha preocupação é que não encontro nada explicando sobre este tratamento Soho…queria saber se realmente é um tratamento para o cabelo ou terei afeitos colaterais ??Alguém sabe?

  8. Marta

    17 de maio de 2013 em 14:02

    Fiz a escova ontem e meu cabelo está totalmente alaranjado…Já usei a Blue Mask da PROLAB,Blond da SWOL CARE e nada… o meu cabelo estava c o tom mto bonito,na altura de 7 v mechas platinadase agora… todo alaranjado. O que faço de imeddiato,pois tenho um casamento pra ir amanhã. HELP!!!

    1. Clau

      17 de maio de 2013 em 19:19

      Marta,
      a melhor opção seria tonalizar. O ideal é ir ao cabeleireiro que fez o procedimento e mostrar como ficou

  9. NANDA

    18 de abril de 2013 em 19:38

    olá, eu uso hidroxido de sódio e quero mudar estou procurando uma progressiva que nao tenha formol, meu cabelo é muito cheio e grosso os cachos nao sao definidos. essa progressiva será que vai dar certo?

    1. Clau

      18 de abril de 2013 em 19:47

      Esse tratamento que fiz não é uma progressiva, pois não contém formol. O efeito vai saindo com o tempo e não é progressivo – quanto mais você faz não alisa mais os cabelos.
      Recomendo conversar com o cabeleireiro de sua confiança e fazer o teste em uma mecha para saber se é possível fazer sem danificar seus cabelos.
      Como não trabalho com cabelos nem com essa parte química, não sei que combinação de produtos pode ser arriscada.

  10. Gabriela

    7 de abril de 2013 em 19:04

    Gente estou em duvida de fazer , meu cabelo e cacheado e muito , muito mesmo volumoso , mais bate no ombro , a dona do salão aqui em Salvador , me cobrou 200,00 reais no meu , mais eu quero so que abaixe o meu volume e que permaneça os cachos , será que eu fasso e será que ta caro e vai da certo ?

    1. Clau

      7 de abril de 2013 em 20:19

      Gabriela,
      O preço, para o tamanho do seu cabelo, está bem razoável. Você tem que conversar com o profissional que irá fazer o procedimento para ver se a fórmula que o salão usa acrescenta algum ingrediente “alisante” ou se é apenas o tratamento à base de carbocisteína.
      Onde faço, a marca que usam (Prunus), apenas retira o volume.

  11. helena

    30 de março de 2013 em 14:14

    gostaria de saber o q usar depis q fazemos essas escova a base de carbocisteina?qual tratamento? tipo q manutenção usar?

    1. Clau

      31 de março de 2013 em 18:00

      Eu uso shampoo e condicionador adequados para meu tipo de cabelos – no caso, tingidos.
      Evito o uso frequente de antiresíduos.

  12. adriana

    16 de março de 2013 em 11:32

    pessoal, a mesma coisa contece comigo, meu cabelo ficou ralo, caiu muito e a oleosidade era tanta que as vezes tinha que lavar o cabelo duas vezes por dia… alguma dica de salão que faça o procedimento em SP?
    Obriagada!!

  13. luciane

    11 de dezembro de 2012 em 10:37

    FIZ HOJE ESTE TRATAMENTO.A FORMA APLICADA É ASSIM COMO FOI DESCRITO.ACHEI MUITO BOM!

  14. laizisla

    4 de dezembro de 2012 em 15:15

    O SOHO faz esse trammento – chamado “Tratamento SOHO”. O cabelo fica incrivel, adorei! Era encaracolado e cheio de frizz , por ser muito fino. Ficou lisinho, e quando lavo só uma secadinha com o secador fica ótimo! como as pontinhas possuem “mechas californianas” tenho que passar uma chapinha ou escova – nelas. Só isso! 😉

  15. marlene destefani

    7 de novembro de 2012 em 18:24

    Meu cabelo é cacheado, ou melhor: era!! Fui fazer pra definir os cachos, hidratar… resultado: liso e alaranjado. Um horror!! Só eu sei o que estou passando! Tive que cortar, gastando um monte com cremes. Fui muito mal orientada pela profissional que me atendeu.

    1. Ana Paula Caldas

      18 de dezembro de 2012 em 16:42

      Marlene, o procedimento realmente deixa o cabelo alaranjado se você usa algum tipo de tinta, principalmente se for um tom de ruivo. É por isso que a recomendação é fazer primeiro a escova para depois de alguns usar a tinta. Faça isso e curta seu novo cabelo.

  16. debora

    20 de outubro de 2012 em 14:07

    gente li tudo q vcs escreveram e axo q encontrei a salvaçao da minha lavoura,tenhu cabelo volumoso, c muito frizz e indiciplinado, ja fiz progressiva duas vezes e fiqei masi de um nao sem fazer pois tbm notei q ele estava ficando muito minguado e poroso, olha gostaria de pedir um grande favor, alguem aí nao sabe de um salao a qui em bh q realize o mesmo trabalho e q me de a amsma segurança..pleaseeeeeeeeeee…obr!!!!

    1. Laine

      9 de novembro de 2012 em 07:49

      Olá Débora! Eu fiz a escova de carbocisteína em um salão aqui na Pampulha. Adorei o resultado. Tanto que agora vou fazer novamente. Há muitos anos atrás eu fiz progressiva e definitivamente eu notei uma diferença muito grande entre a escova de carbocisteína e as outras progressivas. Meu cabelo ficou hidratado e até parou de cair. Procure pela Débora no tel (31) 3031-0069. E o melhor de tudo, o preço do serviço não é tão exorbitante como em muitos lugares que tem por aí!

    2. Laine

      28 de março de 2013 em 08:30

      Olá Débora. Acho um absurdo pagar 300,00 em uma escova de carbocisteina, onde o produto é vendido livremente no mercado. Eu compro da marca Tânagra e pago 40,00 em 250 ml que uso 3 x. Eu mesma faço e como não consigo passar a chapinha, apenas seco, logo lavo e seco novamente. Procure uma marca em sua cidade. Vc vai encontrar.

  17. gaby

    27 de julho de 2012 em 16:26

    fiz uma no salão de gleice e amei

  18. Ana Lúcia Gab

    14 de abril de 2012 em 12:34

    Queria morar aí para frequentar este salão…rsrs. Há 4 anos, morando em Belo Horizonte, não consegui ainda, acertar com nenhum salão. Até hoje, "pulo de galho em galho", o que é péssimo!

    1. Edinalva

      29 de outubro de 2012 em 21:57

      Olá Ana Lúcia, fiz esta escova com um produto chamado exxa marroquina de argan, da Sharon Lline e amei o resultado e de fácil aplicação. Bjs

  19. Laura

    12 de abril de 2012 em 08:05

    É uma boa opção para quem, como eu, não está mais satisfeita com o efeito da progressiva.
    O meu cabelo também é bem oleoso e nos dias seguintes ao processo fica horrível.
    Depois vou lá no salão ver quanto fica no meu cabelo.

    Bjs.

  20. Adriane Ferro

    11 de abril de 2012 em 07:54

    Clau já agendei no YOU..Estava louca para fazer algo no meu cabelo pra deixar mais prático e nao queria fazer a progressiva, pois sempre ficava colado no couro e muita oleosidade.. Vleu a dica!! Sabado irei fazer e depois comento aqui como foi. Beijao a todos do Blog.

    1. Clau

      11 de abril de 2012 em 08:20

      Dri,
      A Cris é show! Tenho certeza que você irá gostar…

Deixe sua opinião ou comentário