Posts

#Fail (para mim): Studio Fix Powder, MAC

Imagem: Maccosmetics.com

 

Surpresas com a declaração?

Pois é gente, um dos produtos mais amados da MAC não funcionou para mim.

Quando comprei minha Studio Fix – aqui no Brasil. Ai! – como muitas de vocês, estava começando no mundo da maquiagem e me empolguei demais com um produto adorado pela maioria das pessoas que têm pele oleosa.

Testei na loja e muito inocente, achei que estava ótimo.

Porém, com alguns dias de uso, percebi que a maravilha dos outros não era a minha.

Primeira decepção: a “cara de pó” que o produto deixa.

Se aplico com a esponja, fico com aquela aparência de que estou usando muito pó compacto.

Se aplico com pincel, pouco tempo depois a oleosidade aparece.

Se borrifo água termal após a aplicação, fica com aparência de base líquida. E parece base líquida que não dá efeito matte.

E aplicando com a esponja molhada, o efeito é o pior de todos – massa corrida.

Segunda decepção: A durablidade do efeito matte.

Na minha pele, poucas horas depois o efeito matte desaparece. Se a base é para pele oleosa, esperava que durasse um pouco mais.

Terceira decepção: A cobertura.

Muita gente comentava que a Fix disfarçava imperfeições. Em mim, para que isso aconteça, são necessárias camadas grossas de produto.

O que me leva à primeira decepção.

 

Quanto à cobertura, com o tempo aprendi que base em pó não faz milagres nesse aspecto. Só ressaltei  o detalhe porque pode ser a decepção de outras pessoas também.

Base em pó deixa a pele com aspecto natural, como se fosse um “upgrade” de como ela normalmente é. Como se fosse um pó compacto com maior cobertura.

Disfarçar imperfeições maiores, só com base líquida ou cremosa.

Depois de tentar por meses, acabei dando a minha Fix para a minha mãe – que ela acha que é pó bronzeador (NC42) e adora, mesmo eu tendo explicado mil vezes a função do produto…rs

Para quem é louca pela Fix e quer um, recomendo experimentar antes, por um dia. Vale até experimentar a da amiga.

Se tiver uma loja MAC por perto, experimente, saia na “luz natural” e veja como sua pele se comporta até o fim do dia.

E frisando: Studio Fix é uma base em pó para pele oleosa. Se sua pele não tem esse tipo, essa base não é para você.

Já insisti algumas vezes, mas não tem jeito “minha base” da MAC é a Studio Tech. Parece foi feita “na medida” para mim.

 

Observação: As avaliações e críticas emitem opinões e experiências pessoais com os produtos mencionados.

Não há qualquer preferência ou retaliação à determinada marca.

O objetivo das resenhas e comentários desta semana é o trocar informações, ouvir a opinião das leitoras sobre as minhas experiências com os produtos citados, o que, dependendo do número de opiniões, possa gerar até uma ação coletiva junto às empresas e até ajude na elaboração de novas fórmulas, que atendam melhor às necessidades de quem usa.


 
 Política de conteúdo e divulgação: 
Os produtos e serviços resenhados e mostrados no DZLBLOG pertencem à autora ou são cedidos pelas empresas ou estabelecimentos em cartáter de cortesia e/ou divulgação. 
As considerações feitas sobre os produtos e serviços testados/mostrados refletem as reais opiniões da editora.
Em caso de publicidade, os referidos posts levarão as "tags" #ad ou publieditorial.

33 Comentários

  1. Thais

    16 de janeiro de 2011 em 12:25

    Oi Clau!

    Somos gemeas na opinião sobre a Studio Fix Powder, graças a deus a minha comprei por encomenda, mas também não foi baratinha. No meu rosto ressalta absurdamente os poros e fico com esse aspecto de cara com MUITO PÓ!

    Contei isso pra MUA da MAC Analia e expliquei que morava numa cidade depraia, foi o bingo… no meu rosto só Face & BOdy e Select FPs15 (que testei na loja, comprei e ta guardadinha pra quando minha dream mate mousse acabar). Studio Fix Powder só como pó!

  2. Renata

    21 de outubro de 2010 em 08:51

    Gente!!

    Pelo mesmo preço vocês podem comprar a base em pó da Shiseido Pureness ( embalagem azul clara) MARAVILHOSA!!!

    Minha pele pinga óleo, mas a Pureness segura a oleosidade legal além de cobrir as imperfeições mesmo. O melhor é que parece que não estamos usando nada!!! Além de tudo tem FPS ( não me lembro o número do FPS) Estou na terceira e não troco por nenhuma.

    Quando vou sair uso por cima da base líquida e segura até a oleosidade da base líquida!!

    Espero ter ajudado!

    Bjs

    1. Clau

      21 de outubro de 2010 em 08:58

      Renata,
      Pois o Pureness, assim como o Fix, foi um fiasco pra mim. Todo mundo ama e em mim, a oleosidade reaparece em pouco tempo.

      Bjs

  3. Priscila

    6 de setembro de 2010 em 09:54

    Oi! então, estou (ou estava!) prestes a comprar a studio fix, mas ainda to muuito em dúvida, porque tem gente que fala muito bem e gente que diz que ele é horrivel. Então to encima do muro, desesperada!! haha. To precisando de uma base pro dia a dia, que seja prática (por isso é que eu queria a studio fix, mais pela praticidade, ainda mais durante o dia, qndo a base começa a sair, é só aplicar o pózinho e pronto) e to muito em dúvida. Pensei em comprar a studio tech, mas sei lá, não curto base pastosa nessa embalagem, tenho impressão que deve fazer uma meleca danada, e isso pra mim não combina nada com a palavra "praticidade". Hoje vou numa mac experimentar o produto e levar 2 amigas junto, pra desencucar de vez! quando alguem proximo tb dá opinião, ajuda muito né? não quero gastar caro num produto que vai ficar encostado depois, se comprar é pra usar! beijao!

  4. Luiza

    3 de julho de 2010 em 19:54

    Ai ai… depois de tantos comentários, meu mundinho desabou hehehe. Simplesmente não sei mais o que fazer. Já usei muitas bases líquidas (Avon, Mac (Studio Fix Fluid e F&B), Dior, Givenchy…) e todas tiveram um péssimo desempenho. Na metade do dia a make tava completamente derretida. Um nojo! Ai resolvi mudar para as bases compactas e minerais… Tbm não obtive o resultado desejado. Não cubriram os vasinhos que tenho no rosto nem as áreas avermelhadas. Tava pensando em comprar a Studio Fix Powder, mas agora não sei se será uma boa idéia. Pagar um absuro por uma base que se compara a um pó dos mais vagabundos, tipo Maybelline vale mesmo a pena? Pelos comentários essa base deve ser mesmo muito ruim e não cumpri o que promete: "Studio Fix é um produto 2 em 1, pó e base, que combina boa cobertura e fácil aplicação. Desenvolvido para ser utilizado seco, o pó e seus pigmentos criam uma textura opaca e aveludada. Contém sílica, que ajuda a manter um resultado fosco pois absorve a oleosidade da pele, assim como talco, que proporciona um resultado mais uniforme e um efeito anti-reflexo. O talco, refinado a um tamanho microscópico, deixa a pele com uma bonita textura e, ao mesmo tempo, permitindo-a respirar. Não comedogênico e de longa duração, disponível em uma grande gama de tonalidades. Pode ser aplicado com um pincel ou esponja." Genteeee, só quero uma base em pó de boa cobertura e de cor compatível com a minha pele. Não quero ficar com cara de cenoura como a maioria das bases que já usei deixaram hahaha. A Studio Fix Powder era minha última opção… Me ajudem!

  5. Bianca

    20 de junho de 2010 em 14:57

    Se você não se adaptou ao produto, você pode devolvê-lo na loja da MAC que comprou. Isso é política da MAC em todo o mundo.

    Usou, a cor tava errada, não gostou do restultado, pode devolver ou trocar por outro produto.

    Fica a dica!

    Beijos

    1. Clau

      20 de junho de 2010 em 15:32

      Bianca: Essa política não se aplica ao Brasil, infelizmente. Ainda mais porque a compra foi efetuada em loja física e o produto foi usado.

      Na época que comprei a cor era a correta para o tom de pele que eu tinha.

      No Brasil, a política também é diferente em relação ao Back 2 MAC – embalagens de vidro não são recebidas porque não são aceitas para este tipo de reciclagem.

      Gostaria imensamente que políticas como a dos EUA – onde se você não obtém o resultado esperado com o produto, ele pode ser devolvido – fossem consideradas aqui.

      Bjs

  6. mitcha

    14 de junho de 2010 em 12:34

    eu tb nao gostei .. me deu espinha!

  7. Livia

    12 de junho de 2010 em 08:06

    Esses dias tb fiz uma compra que me arrependi, mas foi da Studio tech. A moça passou em mim na MAC, e eu superanimada (e sem noção) comprei na hora! Mas ainda bem que ela tinha passado antes e eu pude ver como ela se comportou durante o dia, e foi mal, muito mal… Parecia um reboco oleoso – como se eu tivesse rebocado a cara e depois fritasse coxinha o dia inteiro! E na loja pareceu tão legal, que luz é aquela que eles têm, né?

    Mal saí de lá e meu marido já me perguntou: o que houve com você? Mas como ele é implicante com maquiagem de forma geral, ignorei. No fim do dia, vi a m** que tinha feito em dar 30 euros na base, e ainda bem que eu não tinha aberto ainda – voltei lá e troquei por um Fluidiline e um Ruby Woo e saí feliz da vida.

    E base, pra mim, é uma só, não adianta inventar: corretivo líquido da Tracta misturado com o Effaclair M (hidratante matificante). Dependendo da ocasião e da cobertura que eu queira, coloco mais ou menos corretivo. Blot por cima e fico feliz o dia inteiro!!

  8. Elaine

    11 de junho de 2010 em 19:36

    Agora quero este tal kabuki, onde compro? Qual marca? Obrigada!!!

  9. Ilka

    11 de junho de 2010 em 16:27

    Oi Clau, que triste sua experiência com a fix powder 🙁

    Eu gosto dela, tenho a pele oleosa e no início tive a msm sensação de emopoada que vc teve.

    A cobertura não dura mto pra mim tb, mas gosto dela pra usar no dia a dia, qdo minha pele não descascando (por causa de tratamentos pra manchas) e qdo tô com pressa, fico com o rosto uniformizado.

    Agora lendo reviews e sujestões de uso na net descobri que, pra mim, o melhor jeito de usá-la foi borrifando fix+ ou água termal (prefiro o fix +) diretamente no rosto ANTES de passar a a powder, depois pegava o pincel kabuki e aplicava com ele em movimentos circulares (pra mim teve que ser com pincel kabuki, não rolou com o 187 como algumas pessoas tb sugeriram).

    Resultado: cobertura leve (mas boa) sem parecer que tô com cara de base ou de pó. Adoro! (Ah! Com esse método ela tb dura mais tempo).

    Outro jeito que tb vi foi aplicar a studio powder sobre o rosto (com o pincel de sua preferência) e após isso borrifar fix+ ou água termal (mais uma vez prefiro fix +) e esfumar em movimentos circulares – tira o aspecto "tô com pó" dela.

    Pq eu prefiro o fix + pra essa finalidade no lugar da água termal? Pq parece que o fix + tem em sua fórmula glicerina (ou alguma coisa do tipo) que ajuda a "colar" as párticulas pigmentadoras da studio fix formando um filme (que não é reboco!).

    Usei esse método (e o anterior) com os dois produtos (fix+ e água termal) e o resultado foi melhor com o fix+.

    Pena que vc não tem mais a sua pra experimentar com outros "equipamentos" e formas de uso.

    Mas, se visitar a MAC e estiver animada, pede pra experimentar a aplicação dos dois jeitos (uma lado de cada), de repente sua opinião sobre ela muda.

    bjm e desculpe a carta (rs)

  10. Lili

    11 de junho de 2010 em 11:27

    Quando comprei, tbm me decpcionei. Na época não se falava mto em kabuki… com pincel normal ficava como pó normal, e com esponjinha ficava fake, além de eu não gostar de molhar os produtos com medo de fungos.

    A Nelma me deu a dica do kabuki, e aí passei a amar o Fix, tanto que já estou no segundo.

    Nao segura muito a oleosidade,mas nada que um blot na testa não resolva.

    No inverno, quando estou com a pele descamando do ácido, basta passar um primer pra colar as pelinhas, e o Fix por cima, que ninguém diz que estou "trocando de pele"…hahaha

    bjos!!!

    1. Clau

      11 de junho de 2010 em 14:46

      Se a minha Studio Fix (ou o que resta dela) não estivesse tão longe, eu daria uma mais chance com o Kabuki.

  11. Vanessa Lima

    11 de junho de 2010 em 07:15

    Clau, juro que estou na segunda e com a terceira Fix compacta aqui comprada! rs, comprei a primeira em um desapego e virou minha "make de cara semi-lavada" sabe?

    Já estou até preparando um post no Maketerapia sobre os produtos que eu repito a compra, e a fix é uma delas.

    Eu não curto aplicar ela com esponja, fica pesado demais, mas com pincel fofo tipo kabuki, fica tão suave… Eu aplico bem pouco e esfrego o pincel sem dó na cara, rs, aliso bastante senão ela marca mesmo. Às vezes, só uso ela e o peep+prime eyes, fica super natural (mas eu faço retoque do make duas vezes ao dia, pode ser isso…). Quando preciso que dure mais uso ela como pó mesmo, aplicando bem pouquinho em cima da base. Nas fotos do meu casamento dá pra ver que ficou suave, usei a fix fluid e a pressed por cima.

    Ah, uma coisa que gosto também é que ela cobre os vasinhos que tenho no rosto. De leve, fica meio translúcido, mas gosto porque fica natural.

    Beijos!

  12. priespínola

    10 de junho de 2010 em 21:37

    engraçado! não tenho a pele oleosa e me dou super bem com a fix! vai de cada um neam?

    1. Clau

      11 de junho de 2010 em 06:40

      Pois é, Pri. Por isso fiz questão de acrescentar o "para mim" no título da matéria. Sei que ele é querido de muita gente.

  13. Elaine

    10 de junho de 2010 em 19:12

    Engraçado, em mim a decepção foi a mesma! Primeiro acabei comprando 2 para acertar na cor, mas não deu e acabei vendendo após testar. Depois (burrinha) comprei mais um que ficou escuro demais, vendi tb e, inconformada tentei outro, NC30 que ainda sim ficou um tiquinho escuro, mas por ser teimosa igual a uma porta apostei tb num blot que até melhorou um pouco o aspecto "pintura a óleo", mas longe mesmo do que eu esperava…

  14. vanessa

    10 de junho de 2010 em 15:36

    Eu comprei o fix pq vi que era superqueridinho e eu fiquei curiosa aí quando isso acontece é batata, tipo , tenho que ter …haahaha , mas aí aconteceu o esperado, não achei essa maravilha parecia um´pó qualquer até que vi num blog que se vc borrifar água termal no pincel e passar no fix fica ótimo…testei e deu supercerto…dá mais uma chance Clau…tenta assim.

    ah, e detestei a fluid achei que fica pesada com cara de reboco , sem contar que o cheiro é uó…e nem sei que vou fazer com ela ainda.

    bjos

  15. Mi

    10 de junho de 2010 em 13:54

    Torno a repetir: Que UÓ que é comprar um produto caro e ele ser aquém da expectativa…

    Eu fiz o teste com a Studio Tech e não amei, não. A artist da Mac disse que depois testaríamos a SFFluid pra ver se eu gosto, já que é matte – vamos ver…

    No meu caso comprei a F&B de tanto ler que seria boa pra pele oleosa, por ser à base de água, etc. Mas eu fico uma eca. Tentei usar de todas as formas pra não deixar a bendita encostada (já que ela realmente é super leve, não transfere, deixa sua pele com cara de sua pele mesmo, apenas melhor!) até que encontrei um jeito que funciona muito pra mim.

    Pego aquela loção matificante da Contém 1g (apenas a quantidade de uma apertada) e misturo à quantidade de F&B que vou usar. Problema resolvido! Minha pele fica sequinha por bastante tempo.

    Foi uma solução relativamente barata e satisfatória, já que realmente gosto da textura da base.

    1. Clau

      10 de junho de 2010 em 14:22

      Mi: Já experimentou usar a F&B com o Blot por cima? Dica: aplicar com pincel de pó, dando batidinhas na pele.
      A artist fez isso quando testei a Tech misturada ao óleo essencial que eles estavam demonstrando na coleção All Races.

      1. Mi

        10 de junho de 2010 em 14:42

        Clau, eu uso o blot como pó! Sempre passo por cima da base e trago comigo o tempo todo para retoques.

        ♥ Blot! (Eu te disse que essa sua dica foi a melhor do universo, né? Virou item essencial.)

        Mas só a F&B com o blot não seguram em nada o brilho – que é o que me incomoda nessa base. Eu acho que o fato dela ser 'molhada' (não consigo pensar numa explicação melhor) deixa o rosto com um aspecto seboso, ainda que não esteja… E, nesse caso, o blot resolve o problema por pouco tempo…

        Quando a misturo com a loção matificante, esse problema acaba na hora. A base continua levinha, mas sem aquele aspecto 'molhado' característico… E eu fico com o rosto sem brilho por umas seis horas.

  16. Daniele Corpse

    10 de junho de 2010 em 13:25

    Poxa Clau, sério? hehe realmente, um produto que deu certo pra uma pessoa pode não dar pra outra. Eu amo a Fix Powder (e a Fluid também) e não vivo sem ela. Acho ótima pro dia-a-dia.

    Mais já ouvi meninas falando que não se deram bem com a Fix também. 🙁

    Bjão e parabéns pelo blog, que tá cada vez melhor. =)

  17. Giovana

    10 de junho de 2010 em 12:35

    Apesar de amar o Studio Fix e não viver sem, não fico surpresa com a sua resenha pois, realmente, ele não dá certo pra todo mundo… já ouvi muita reclamação referente a esse produto.

    Claro que não é o seu caso, mas acontece também de muita gente não gostar do produto por não saber usá-lo corretamente. Por isso é legal a pessoa ir na loja e testar, como você aconselhou, e também pedir explicações para a vendedora antes de comprar.

    Bjos!

  18. Giselle Reis

    10 de junho de 2010 em 09:24

    Depois que descobri que várias blogueiras testam cosméticos e postam os resultados na internet, sempre pesquiso antes de comprar um produto digamos assim, mais caro.

    É claro que tem que considerar que o que é bom pra uma, pode não ser pra outra, mas não vale a pena arriscar comprar um produto que tem mais comentários negativos do que positivos, por exemplo.

    Quando é baratinho, a gente até arrisca (e as vezes faz grandes descobertas) , mas quando é mais caro dá raiva!

    Beijos

  19. Sheila

    10 de junho de 2010 em 09:09

    A minha pele é oleosa e mesmo assim não gosto da Studio Fix. O principal defeito, a meu ver, é a durabilidade. O efeito matte não dura nada mesmo e nem o produto na pele. Poucas horas depois de aplicado parece que não passei nada. Bjos.

  20. 10 de junho de 2010 em 08:26

    Hmmm foi decepção para mim também, Não recomendo!!

  21. Raphaela

    10 de junho de 2010 em 07:31

    vc tentou usar com um kabuki?

    1. Clau

      10 de junho de 2010 em 11:21

      Raphaela,
      Na época que comprei meu Fix, há anos atrás, nem sabia o que era nem para que servia um Kabuki.
      Minha mãe ainda tem um restinho desse fix que dei para ela. Pena que não moro perto para poder testar.
      Mesmo assim, o que está com ela é NC42, uns dois tons acima do da minha pele atualmente.

  22. 10 de junho de 2010 em 07:06

    Oi Clau, depois de ler 1000 resenhas falando bem eu tb resolvi investir numa Studio fix. Apliquei com a esponja e meu namorado se assustou, falou q eu tava parecendo um fantasma (ódio) ou seja ela não só tinah ficado clara demais mas tb com aspecto pesado. Tentei com o pincel, parecia q eu não tinha passado nada (ódio ao quadrado). Em busca da solução fiz pesquisas em logs e resolvi testar umedecer o pincel com água termal e depois passar na studio fix aí passar na pele. Gostei a cobertura fica intermediária entre o nada e o reboco. Passo muito bronzer nas laterais do rosto p/ corrigir a cor. Decepção 1 resolvida

    Segunda decepção 2 horas depois eu estou totalemnte oleosa e a base/pó parece que desapareceu da minha pele. Solução : investi (mais dinheiro) num pó matificante mas ao invéz do blot comprei o prep prime. Aplico de leve e segura bem a oleosidade. Decepção 2 resolvida.

    Balanço: muito $$ a menos na carteira e sensação de que outro produto mais barato pode me fazer mais feliz! 🙁

    bjs meninas

  23. Lu

    10 de junho de 2010 em 07:01

    Eu tenho a Studio Fix.

    Ela realmente não cobre as imperfeições como uma base líquida. Eu uso naqueles dias que estou com pressa ou com preguiça de fazer uma make caprichada. Aí ele dá uma melhorada no aspecto da pele, mesmo não ficando tão bom quanto a Face & Body.

    Enfim, melhor sair com ele do que sem nada rsrsrs

  24. Priscilla Rezende

    10 de junho de 2010 em 06:41

    Clau, sempre tive medo do SF Powder, por isso nunca comprei. Aliás, eu tenho medo dessas bases compactas, sempre ficam com cara de massa corrida. Já a SF líquida é MARA para peles oleosas (e a Select também). Beijo!

    1. Clau

      10 de junho de 2010 em 11:26

      Pri: Na época que comprei a fix powder, nem existia a líquida – que também não gostei, achei muito pesada e tende a craquelar.

  25. Julia H.

    10 de junho de 2010 em 06:37

    Da MAC a minha preferida é a Face and Body Foundation, mas a minha base inseparável de uns meses p cá tem sido a Air Flash da Dior !!!

    Nao gosto de base compacta !

    Bjkas

Deixe sua opinião ou comentário