Posts

#Fail: Primer Laura Mercier

 

 

 

Há uns dois anos atrás esse primer surgiu como a grande descoberta em algumas comunidades do Orkut sobre maquiagem.

Quem experimentava, logo se apaixonava ou quem tinha dizia maravilhas sobre ele.

 

Encomendei, não paguei barato (o preço dele na loja é U$ 30) e quando fui testar, na minha pele não fez milagres*.

*Se comparado com o Primer da Bare Escentuals que vinha usando

 

Perecbi que ele dava uma aliviada na sensação de “repuxado” do frio e água quente que usava para lavar o rosto, mas isso era tudo.

O pior: ele tem um cheiro estranho, que lembra o de óleo de rícinio (ou coisa parecida) e a embalagem é grande, 50 ml. Usei durante todo um inverno e nada do danado acabar.

Para não dizer que foi produto totalmente perdido, na viagem aos EUA usei como hidratante, para ajudar a proteger do frio. Para isso, ele funcionou – mas não era esse o objetivo do produto, certo?

 

É como o que comentei ontem: assim como com os cabelos, temos que estar atentas às necessidades da nossa pele para não comprar algo que não seja adequado ao nosso tipo de pele e depois acharmos que o produto não serviu.

Já percebi que primers em creme, fluidos, não funcionam para mim. Preciso de um primer com consistência que lembre gel, à base de silicone (ou com este componente em maior quantidade) – que ajuda a controlar melhor a minha oleosidade e dá um aspecto de pele aveludada. O que uso atualmente – Inglot – é assim. O Magix também.

O matificante HD da Cargo – que não é considerado um primer, mas em mim funciona como um – também tem esse efeito.

 

Mais alguém já testou esse primer – ou um outro – e percebeu que não era a grande maravilha que esperava?

 

Observação: As avaliações e críticas emitem opinões e experiências pessoais com os produtos mencionados.

Não há qualquer preferência ou retaliação à determinada marca.

O objetivo das resenhas e comentários desta semana é o trocar informações, ouvir a opinião das leitoras sobre as minhas experiências com os produtos citados, o que, dependendo do número de opiniões, possa gerar até uma ação coletiva junto às empresas e até ajude na elaboração de novas fórmulas, que atendam melhor às necessidades de quem usa.


 
 Política de conteúdo e divulgação: 
Os produtos e serviços resenhados e mostrados no DZLBLOG pertencem à autora ou são cedidos pelas empresas ou estabelecimentos em cartáter de cortesia e/ou divulgação. 
As considerações feitas sobre os produtos e serviços testados/mostrados refletem as reais opiniões da editora.
Em caso de publicidade, os referidos posts levarão as "tags" #ad ou publieditorial.

3 Comentários

  1. Bruna Souza Monsores

    13 de junho de 2010 em 08:38

    Olá!

    Comprei o magix da Avon e não gostei :/

    Achei a textura dele esquisita, oleosa, e o cheiro tb é ruim.

    Tenho usado o prep+ prime da MAC e adoro! Ele é em pó, não tem cor, e aplico após fazer a pele. Adoro!

    Beijos e parabéns pelo blog!

  2. Mi

    9 de junho de 2010 em 10:08

    Eu nunca comprei os importados, mas um nacional, com preço de importado, não fez NADA pela minha pele.

    O primer da Contém 1g é inócuo pra mim – apesar de amar a Loção Matificante da linha.

    Se não fosse o cheiro, o Magix seria perfeito… :/

  3. Keety

    9 de junho de 2010 em 06:36

    Nossa, ja li tantas reviews boas sobre este produto! mas pele é realmente algo pessoal, na minha por exemplo, primers em gel como o da smashbox são terriveis. Experimenta o da L'Oreal da linha studio secrets, estou usando ele e amando.

    Bjs =**

Deixe sua opinião ou comentário