Posts

Glambox (Dezembro 2014)

Frente

 

A Glambox de dezembro (2014) foi feita em parceria com o portal Circolare e anunciou a inclusão  d’O Boticário às marcas que fazem parte do serviço e os produtos e serviços foram adequados ao perfil e região da assinante:

conteúdo da caixa desse mês foi:
 

 

– Um lenço Amaro – “presente” da marca

– Mousse de limpeza Purificante linha Active, O Boticário – full size

– Bolhas Ultra Discreto, Mercurochrome – amostra com 2 unidades

– Meias esfoliantes Footner – um sachet em tamanho original.

– Hidratante corporal Secret Love, Belliz – um sachet de amostra.

– Perfume Peach, Giovanna Baby – flaconete de amostra.

–  Protetor Solar Ada Tina Normalize Matte FPS 25 – sachet de amostra.

– Lápis para contorno labial Colorstay, Revlon (recebi a cor Nude)  – full size

– Chocolate Linea Zero Açúcar – uma unidade.

 

Cor do lápis para lábios recebido:

 

Lápis para contorno labial Colorstay Nude, Revlon 

 

Lenço Amaro recebido:

 

Para uma caixa que prometia ser “a melhor edição dos últimos tempos”, achei BEM “mais ou menos”.

O.K., o mousse do Boticário foi realmente um produto ótimo. As meias fontes valeram para experimentar. E só.

Mais 3 produtos em amostra; perfume, filtro solar (de novo) e hidratante Belliz “Victoria’s Secret wannabe”.

Mais um adesivo para bolhas – desculpa, Glambox, mas tento não usar sapatos que me machuquem. Não preciso de adesivos curativos para bolhas quase todo mês.

O delineador de nude não tem nada (embora na foto pareça). É praticamente marrom, da cor do batom Taupe, da MAC.

O “chocolate preferido das it-bloggers do F*Hits”, dispenso – até porque estou em reeducação alimentar e adoçantes  de quaisquer tipo foram eliminados da minha dieta (esse tem sucralose).

 

[Vocês sabiam que adoçante qualquer tipo na verdade te dão mais vontade ainda de consumir doces? Descobri isso no meu nutricionista. Substitui o uso deles por açúcar demerara]

 

O lenço…o que dizer do lenço? Primeiro, que não uso. Segundo porque, um lenço quadrado quase não te dá opções de uso. Terceiro porque ODIEI a estampa.

Por último, onde é que esses produtos foram adequados ao meu perfil e região?

 

Enfim, essa foi a minha última Glambox – da assinatura e para sempre. O serviço pouco mudou e, em um ano, devo ter recebido uma ou duas caixas boas.

Não recomendo a assinatura. No Brasil, quem administra essas assinaturas de caixas deve realmente achar que as brasileiras são bobinhas. O nível de qualidade do conteúdo é quase sempre mais ou menos, com muitas amostras em sachet que, muitas vezes, não são suficientes nem para uma aplicação.

[E ainda tem gente que vai nas redes sociais dizer que amou a caixa. Gente que deve se contentar com pouco, só pode]

Já está na hora de quem trabalha com cosméticos no Brasil (empresas e prestadores de serviços) entender que somos o terceiro mercado consumidor do mundo neste segmento. Estamos tendo acesso e conhecendo coisas melhores, estamos mais exigentes em termos de qualidade do que usamos.

Mais um adendo à insatisfação do serviço da Glambox:  as assinantes, que pagam assinatura recebem a caixa “pobrinha”. As bloggers “famosas”, que são pagas para fazer publieditorial do serviço, recebem uma versão melhor da caixa. Ou seja, recebem para publicar o post e ainda recebem produtos melhores que quem PAGA pelo serviço.
Legal, né?

 

Ainda assim, para quem quer assinar, visite o site da Glambox. O valor da assinatura é R$ 58, envio incluído.

As inscrições para a caixa de janeiro ainda estão abertas.

As caixas são sempre enviadas na segunda quinzena do mês.

1 Comentário

  1. Carol

    28 de dezembro de 2014 em 16:25

    Nossa, eu que assinei bem em novembro recebi a primeira agora e achei super legal (comparando com o que era a antiga Glossy box). Já estava pensando em fazer uma assinatura anual ou semestral, mas pelo jeito é melhor eu esperar a próxima caixa pra saber melhor o que esperar.

Deixe sua opinião ou comentário