Posts

Hidratante Yu-be: tudo que o Bepantol faz, mas melhor…

 

O Bepantol é um dos cremes mais conhecidos do mundo todo e serve para praticamente tudo – de cicatrização/recuperação da pele pós tatuagem até para tratar assaduras de bebê. Quem sofre com lábios resecados e rachaduras na pele também recorre a a ele. Só que apesar do seu alto poder hidratante e regenerador, o Bepantol tem um “senão”, a textura oleosa.

Agora imaginem se existisse uma versão do Bepantol que deixasse a pele que fosse absorvida rapidamente, com toque seco, aveludado e não deixasse os lábios esbranquiçados?

Pois existe um creme assim, que faz tudo que o Bepantol faz, mas com acabamento “macio e sedoso” – o Yu-Be

É uma das linhas de cuidado com a pele mais tradicionais do Japão e vem sendo usada pelas famílias japonesas há mais de 50 anos. É o creme medicinal mais vendido no país.

O conceito que a marca criou é simples: criar um produto que pudesse ser usados em todo o corpo e por toda a família.

Do calcanhar rachado até a assadura de bebê, passando pela hidratação de mãos, cutículas e lábios, ele resolve tudo.

É eficaz, porém suave ao toque, à base de glicerina e enrquecido com vitaminas E, B2 e cânfora. Suaviza até a pele mais seca e irritada.

Seu segredo está na alta concentração de glicerina em sua fórmula e na sua rápida capacidade de absorção – que foi desenvolvida através de um processo especial de fabricação, criado no Japão.

Conheci o Yu-Be há algumas semanas atrás, quando ganhei da Eviane uma amostrinha dele. Li a “bula” que vinha junto com a amostra e decidi testar nos lábios rachados antes de dormir, inclusive em um machucado que estava na lateral do lábio, causado pelo clima seco. Logo após a aplicação, os lábios ficaram hidratados, lisos e macios. Fiquei impressionada! A área do machucado ficou visivelmente menos ressecada.

Na manhã seguinte, os lábios continuavam macios, hidratados, apesar do toque seco e o machucado havia melhorado uns 50%!

Aí virei a louca do Yu-be, só que como a amostra era pequenininha não podia me empolgar demais…rs

Testei nas mãos, pés e o resultado foi sempre o mesmo – pele imediatamente macia, aveludada e visivelmente hidratada. Até numa área próxima ao nariz onde a pele estava descamando por causa do peeling, apliquei (um pinguinho, morrendo de medo rs) e tirou aquela aparência craquelada.

Ele tem uma sensação geladinha da cânfora (similar à do Carmex, que eu não gosto, por sinal), só que tem a vantagem de não durar muito tempo. Logo o “efeito canforado” passa. Mais um ponto para ele.

Pesquisando sobre ele, descobri sucesso desse creme nos Japão foi tanto que a Sephora decidiu comercializá-lo nos EUA.

Existe uma linha Yu-be, que tem esfoliante, creme em versão pote e tubo e uma versão no estilo lip balm.

É daqueles produtos para não se viver mais sem. Pedido certo na próxima viagem da Eviane

4 Comentários

  1. Aninha Prado

    19 de outubro de 2011 em 18:42

    Nossa, parece ser milagroso! Fiquei curiosa…
    Ele tem cheiro?

    1. Clau

      20 de outubro de 2011 em 18:34

      Ele não tem muito cheiro não. até porque é medicinal. Tem um cheiro na linha daqueles dermocosméticos, com "um rastro" da cânfora – mas este some logo.

      Bjs

  2. Quésede

    19 de outubro de 2011 em 12:29

    Adorei a resenha!!! Mas quanto aos lábios, eu adoro o Carmex, ele hidrata por mais tempo que o bepantol!!! Bjos!!!

  3. Laura

    19 de outubro de 2011 em 10:10

    Eu sempre tenho um lip balm por perto e adoro experimentar produtinhos novos para os lábios.
    Mas fiquei mais empolgada com o creme. Meu pé tá ressecado e ainda não achei um creme que dê jeito.

    Bjs.

Deixe sua opinião ou comentário