Posts

Iluminadores Faciais

matéria com sugestões de maquiagem para as festas de fim de ano[Foto: Reprodução]

 

A minha leitora super participativa Mari ficou confusa quando falei de iluminadores na matéria sobre pós faciais. Depois dela, recebi alguns emails com a mesma dúvida.

Para atendê-las, decidi fazer uma matéria especial  sobre este tipo de produto, que tem a cara das festas de fim de ano.

Antes, gostaria de frisar que existem dois tipos de iluminadores:

1 – Aquela sombra linda que a gente costuma usar rente à sobrancelha no “v” interno dos olhos,  para iluminar e abrir o olhar.

2- Aquele usado no alto das maçãs do rosto, que dá um ar de glamour à maquiagem.

É dele que iremos falar.

Vou repassar a definição e sugestão de uso que dei na minha Klass Vough:

 

Produto com partículas brilhantes, que aplicado em regiões estratégicas, cria pontos de luz, dando um efeito glamoroso e refinado à maquiagem.

Qual o seu uso? Em alguns pontos do rosto apenas (alto das maçãs, colo, dorso do nariz, abaixo das sobrancelhas), para criar os pontos iluminados que falei. Como eu uso: Como descrevi acima. Aplico uma camada bem fina, para evitar uma aparência muito brilhante, que quem tem pele oleosa (como eu), pode deixar a pele com aparência de quem está com excesso de oleosidade à vista.

Na prática, é aquele produtinho que dá aquele glow lindo e que JLo, sorry, Jennifer Lopez sabe usar bem:

[Foto: Reprodução zimbio.com]

Tipos de Iluminadores:

1 -Em pó, compacto:

É a versão mais prática de aplicar, pois não faz muita sujeira. Passe o pincel levemente pelo produto e depois no alto do maxilar e dorso do nariz.

Para aplicação, sugiro o pincel 4 da Iridescent Pressed (o melhor para a tarefa) ou um de blush – só se lembre de limpá-lo depois.

Sugestões: Pó Iluminador Duda Molinos (MAC),Mosaico Multifincional(Vult), Mineralize Skinfinish L’Acqua Di Fiori, Klass Vough (MAC. Produto vendido somente em edição limitada)

2- Iluminador em pó solto:

É exatamente como mostra a foto. Como suas partículas são soltas, o resultado fica mais leve.

O problema é a aplicação, que pode fazer uma pequena sujeira.

Para aplicar, um pincel de cerdas mais unidas possível. Mais uma vez o o pincel 4 da Iridescent Pressed é o favorito.

Fora ele, o o da Lancôme é uma boa opção.

Alguns já vêm com o pincel acoplado, como Star Bronzer Pinceau (que vem em versão bronzeadora e iluminadora).

Sugestões: Iridescent Loose (MAC), Diorshow Powder (Lancome), duo fiber (Dior).

3- Iluminador Cremoso:

Versão cremosa, pode vir em bastão (foto), tubinho ou potinho similar ao de blush.

Para quem tem pele oleosa, recomendo o uso com moderação, porque pode dar aparência de pele oleosa demais.

[Pessoalmente, não gosto dessa textura de iluminador por esse motivo e também por não saber aplicar direito]

Aplica-se com o dedo, com leves batidinhas sobre as áreas que se quer realçar ou usando um pincel tipo Cream Colour Base.

Sugestões: The Multiple (MAC), The Multiple (NARS), Iluminador em Mousse (Contém 1g).


4- Pigmento ou sombra solta como iluminador:

Se você não é desesperada por cosméticos, não vive em festas ou seu orçamento anda apertado, dificilmente vai querer investir em um produto que pouco irá usar.

Existe uma opção mais em conta para obter o mesmo efeito, usando os Pigments ou sombras soltas.

Só use menos quantidade que usaria um iluminador, pois estes produtos tendem a ser mais brilhantes.

Para aplicar, use o mesmo método que sugeri para iluminador em pó, apenas pegando menos produto.

Sugestões: MAC Mercado Livre – que podem ser comprados em frações pequenas pelo The Body Needs (recomendo a vendedora) ou pelo The Body Needs – sombra em pó solta Vult.

Não recomendo as sombras soltas da Contém 1g como iluminadores, porque elas têm uma textura “de fundo” que não fica legal no rosto. Para este fim, as Pure Shine da Vult atendem muito bem.

Independente do tipo de produto que escolha, lembre-se que cautela na aplicação é um dos trunfos na hora de se usar o iluminador. Uma pincelada em cada local é o suficiente.

Olhou no espelho e achou que aplicou pouco? Tire uma foto.

Muitas vezes, só vamos ver a “dimensão do estrago” nas fotos que tiramos durante a festa.

Portanto, mão leve. Quem tem que brilhar na festa é você!


 
 Política de conteúdo e divulgação: 
Os produtos e serviços resenhados e mostrados no DZLBLOG pertencem à autora ou são cedidos pelas empresas ou estabelecimentos em cartáter de cortesia e/ou divulgação. 
As considerações feitas sobre os produtos e serviços testados/mostrados refletem as reais opiniões da editora.
Em caso de publicidade, os referidos posts levarão as "tags" #ad ou publieditorial.

5 Comentários

  1. Marilia

    1 de janeiro de 2010 em 23:21

    tenho muita dificuldade com iluminador… tenho um em pó solto da MAC e o Copacabana da NARS, e os dois me "assustam", é muito difícil dosar a aplicação pra não ficar over!

  2. Monica A

    31 de dezembro de 2009 em 10:06

    Clau, com essa correria de fim de ano, acabando não passando mais por aqui. Que bom que gostou da matéria da Nailene 🙂

    Um super 2010 para vc e mais sucesso ainda para o Dazzle!
    Beijos

  3. Mi

    30 de dezembro de 2009 em 18:52

    "Olhou no espelho e achou que aplicou pouco? Tire uma foto. "
    Clau, essa dica é valiosa!
    Um dia, me empolguei no iluminador e não percebi. Esperando o resto da casa terminar de se arrumar, fiquei de gracinha tirando foto de minha make. Menina, Globeleza perdia! No espelho tava normal, cara de gente chique e tals, mas na foto, eu era uma Drag brilhosa…
    Ainda bem que Narciso encarnou em mim e fiquei tirando fotos, porque do contrário, passaria vergonha… 😡

  4. Mari ;]

    30 de dezembro de 2009 em 10:03

    adorei a matéria, Clau! conseguiu acabar c as minhas dúvidas!
    tudo de bom pra vc em 2010!

    bjss

Deixe sua opinião ou comentário