Posts

Jonathan Product Create Root Volume

Sabe aqueles produtos que você compra, acha que não faz o mínimo efeito e depois você descobre que era porque você não fazia uso adequado dele?

Esse produto que vou mostrar a vocês hoje é o típico exemplo disso.

Create Root Volume é um produto criado pelo cabeleireiro Jonathan Antin – que ficou conhecido aqui por um programa na TV a cabo, anos atrás – que promete criar volume na raiz.

Eu morria de vontade de experimentar algo do Jonathan, já que assisti ao programa dele, as duas temporadas, mesmo o mundo me dizendo que era altamente trash.

Quando soube que iria viajar, fui no site da Sephora para escolher meu produtinho Jonathan e descobri o Create Root Volume.

O que promete:

Para ter cabelos à altura das passarelas, use esse spray modelador. Adiciona volume à raiz ou, se quiser, corpo e volume às pontas.

Quanto mais você aplica, consegue maior volume, sem aquele aspecto duro e colado.

Possui em sua fórmula água essencial com erva cidreira, que dá volume e brilho aos cabelos, proteção térmica com filtro UV.

Mantém o efeito mesmo sob umidade.

O que eu queria: um produto que desse um jeito na raiz dos meus cabelos entre as lavagens.

No dia que lavo, meu cabelos ficam lindos, leves e soltos. No dia seguinte, raiz coladinha na cabeça, murchinha.

Quando li a descrição do produto, pensei: “É esse!”

E não foi fácil de encontrar, achei um mísero vidrinho perdido em uma prateleira baixa na Sephora da 5ª Avenida.

Usei já nos EUA, mas não obtive o resultado desejado. Estava usando no dia seguinte à lavagem, aplicando na raiz e dando um jeito com a escova.

A impressão é que o cabelo ficava com um aspecto minguado e parecendo sujo.

Comprei outro produto similar, do John Frieda e segui a vida decepcionada com Mr Antin.

Até que meses depois, decidi usá-lo com os cabelos úmidos antes de escovar a franja e…tcharan!!

Cabelos balançantes e brilhantes como os de passarela, justamente como prometia o Jonathan!

Desde então, uso sempre, após lavar os cabelos. Retiro o excesso de água com o secador (ou deixo o cabelo secando naturalmente por um tempo) e quando ele levemente úmido, aplico o spray em toda a raiz dos cabelos.

Se vou a um evento “glamour” aplico de longe no comprimento também.

Saio feliz da vida com a minha franja maravilhosa e que se mantém no poder até a próxima lavagem.

 

Parte triste da história: o produto saiu de linha.

Mas nem tudo está perdido. Como disse a vocês, lá mesmo encontrei um produto do John Frieda, com efeito similar:

Deixa um efeito até mais natural que o do Jonathan, mas com menos brilho, glamour e balanço que aquele.

E pode ser usado no dia seguinte.

Uma vantagem: nos EUA, custou 1/3 do preço do produto do Jonathan.

Aqui no Brasil, este JF é vendido por algo em torno de R$ 45.

Fica a sugestão para quem procura produtos que deem volume à raiz.


 
 Política de conteúdo e divulgação: 
Os produtos e serviços resenhados e mostrados no DZLBLOG pertencem à autora ou são cedidos pelas empresas ou estabelecimentos em cartáter de cortesia e/ou divulgação. 
As considerações feitas sobre os produtos e serviços testados/mostrados refletem as reais opiniões da editora.
Em caso de publicidade, os referidos posts levarão as "tags" #ad ou publieditorial.

4 Comentários

  1. Ana Paula

    16 de abril de 2010 em 19:19

    Ai, eu também amava o Blow Out!!

  2. Mali

    15 de abril de 2010 em 09:46

    Adorei! Apesar de não precisar de volume, conheço pessoas q vao amar a dica!!!!

    bjss

  3. Mi

    15 de abril de 2010 em 06:30

    Tenho o mesmo problema e sou obrigada a lavar o cabelo todo dia, senão viro uma Creiça total…

    Esses produtos sempre me dão caspa. Tentei aquele shampoo a seco da Klorane, mas não tive resultado nenhum (além da caspa).

    :/

    .

    .

    Trash ou não, eu também amava Blow Out! KKKKKKKKKK

    Adorava aqueles cabelos "capa de nova" que ele fazia.

    1. Clau

      16 de abril de 2010 em 11:53

      Mi: Amava Blow Out. Só não gostei qdo ele foi dar um jeito no cabelo daquela Kimberly Caldwell (velha amiga nossa).
      Achei que o alongamento dela ficou feio.

Deixe sua opinião ou comentário