Posts

MAC Semi-Precious – visão geral da coleção

Imagem: Divulgação MAC Cosmetics Brasil

 

 

Na última quinta-feira (dia 01/09), a MAC lançou no Brasil a Coleção Semi Precious, que foi inspirada nas pedras semi-preciosas brasileiras.

A idéia surgiu quando os vice-presidentes de desenvolvimento de produtos da MAC vieram ao Brasil e perceberam que as nossas pedras semi-preciosas poderiam funcionar como ingrediente de maquiagem.

Depois de um longo processo, quatro pedras foram as que melhor serviram para o propósito: bronzita, turmalina preta, pirita dourada e lepidolita lilás.

Então, foram utilizadas na composição de uma Edição Limitada da linha Mineralize – blushes, pós e sombras – feitos com até cinco tons no mesmo produto (fato excepcional, já que nas outras coleções até agora usou-se no máximo três tons no mesmo produto). Foram trituradas a jato e misturadas ao composto mineral da marca (patenteado).

O pessoal do desenvolvimento contou que nossas pedras deram uma textura diferenciada aos produtos, que ficaram mais macios e uniformes. Cada um é feito artesanalmente, desde a mistura dos pigmentos até a prensagem, o que faz com que cada produto seja único – a sua sombra mineralize, por exemplo, nunca vai ser igual à de outra pessoa.

Tanto que algumas vem com mais tom preto, outras com mais dourado ou azul…

Além dos produtos minerais, a linha ainda tem quatro pincéis em formato especial de fibra dupla,uma máscara para cílios (Zoom Fast Lash, Black) cinco glosses da linha Cremesheen, quatro batons, uma “Charged Water” – espécie de água thermal, feita com pó de diamante do Brasil – um hidratante (que pode ser usado no corpo e rosto) e a marca aproveitou para promover a base Mineralize Satinfinish (que é da linha regular).

Estive na loja MAC no dia do lançamento e tive uma grande surpresa, porque ao vivo a coleção é muito mais bonita que nas fotos e resenhas gringas.

Display de sombras, máscara de cílios e pincéis de olhos

Detalhe do display de sombras.

São DOZE cores diferentes – já já tem cada uma no detalhe

Display de batons, Mineralize Skinfinish (iluminadores), glosses e pincéis para rosto.

Charged Water, base Mineralize Skinfinish FPS 15 e hidratante mineral para rosto e corpo

 

Mostrando os produtos de perto…

 

 

Sombras:

Pret à Papier

Imagem: Temptalia

 

Na minha opinião, as sombras são o que há de melhor em toda a coleção. Como disse, são doze tons, cada um único e mais bonito que o outro.

O diferencial foi que os pigmentos das nossas pedras criaram uma base macia e super pigmentada para grande parte das sombras.

Normalmente, as sombras mineralize são super brilhantes e cheias de brilho, que chegam a ser incômodos e cair por todo o rosto na hora da aplicação. Nesta (ou em pelo menos algumas delas), a aplicação é bem diferente de outras sombras minerais da marca – macias, adicionam cor logo na primeira “passada” e sem o incômodo dos brilhinhos caindo pelo rosto.

Vocês notarão isso nos swatches…

Vou postar sempre fotos + swatches em seguida:

Destas, só a Quartz Fusion tem a textura que lembra as mineralize tradicionais.

Blue Sheen nos olhos e delineando com pincel molhado

A aplicação do delineado não ficou uma maravilha porque tive que improvisar e usei o pincel molhado na Charged Water e um pincel que não gosto (266) para a tarefa.

A qualidade da luz da loja não possibilitou mostrar a beleza do efeito dessa sombra – mas dá para ver bem no swatch na pele (acima)

Smoked Ruby é a minha favorita de toda a coleção. Diferentíssima

(Ela é mais avermelhada e menos cobre que aparece na foto)

A Dark Indulgence é outra das minhas favoritas – é a versão melhorada da Night Porter (da NARS)

Smoked Ruby no olho…

Preço de cada sombra: R$ 86

Blushes:

Os blushes seguem a mesma linha de algumas sombras que falei: bem pigmentados, macios e sem aquele brilho excessivo comum dos outros mineralize.

O Pressed Amber é uma surpresa no rosto. Dá uma definida, com um glow lindo e sutil.

Preço de cada blush: R$ 98

Mineralize Skinfinish (Iluminadores):

Estes são diferentes por possuirem um tom “de base”, uniforme e a mistura mais iluminadora apenas no centro, dando maior controle do tom que você quer usar.

Preço de cada iluminador: R$ 125

Batons:

Depois de tantas coisas lindas na linha mineral, quando você vai parar para ver os batons, provavelmente já está “com a corda no pescoço” da escolhas acima e eles acaba passando meio desperecebidos e até ficando em segundo plano, coitados…rs

As cores não são muito supreendentes. Destaco o Gem of Roseslindo!! Tive que amarrar a louca do batom que habita em mim para que ele não viesse para casa, porque já estava levando mais do que deveria…

Preço de cada batom: R$ 71

Glosses:

Os glosses são da linha Cremesheen. São cremosos, bem hidratantes, sem ser pegajosos.

O Geo Pink é lindo! Lembra aquele batom que amo da Pret à Papier, o Made to Order.

O Pure Magnificence segue a linha do Viva Glam GaGa.

Preço de cada gloss: R$ 87

Pincéis:

Os pincéis são diferentes de todos os anteriores já lançados pela MAC. São feitos com dois tipos de cerdas diferentes – naturais de um lado e sintéticas de outro.

As cerdas naturais dão uma cobertura e aplicação mais natural, enquanto as sintéticas dão um efeito mais concentrado e ajudam na aplicação dos produtos, se usado molhado.

Para aplicação de pó, bronzer ou blush e trabalhar os contornos do rosto, graças ao formato “chanfrado”

Preço: R$ 219 (ui!)

De lado, para vocês verem bem a definição bem diferenciada das cerdas.

Pincel 234: Para aplicar  e esfumaçar sombra, pigmento ou corretivo.

Preço: R$ 99

 

Pincel 128: Para aplicar blush e iluminador

Preço: R$ 161

 

Pincel 235: Para aplicar sombra. De diâmetro maior, para uma aplicação mais espalhada e rápida

Preço: R$ 146

 

Avaliação geral da coleção:

Como disse no início, foi uma supresa. A beleza e diferença da textura de sombras e blushes me conquistou. Não existe um tom que não tenha sua beleza particular.

Os produtos que menos me empolgaram foram os batons e Mineralize Skinfinish – estes últimos por não achar grandes novidades em termos de cor e textura, mas podem ser boas opções para quem ainda não tem nenhum iluminador nessa linha, especialmente porque os pigmentos também estão mais concentrados e mais fáceis de aplicar.

Fiquei tentadíssima a levar a Charged Water, que é uma espécie de água thermal, mas que tem efeito mais hidratante (porém menos oleoso que o Fix +). Ótima para quem sofre com efeito de tempo frio e seco.

O que não é ótimo é o preço dela  – R$ 95. Por isso que não trouxe, mas verei se encomendo à Eviane.

 

No Tumblr do Dazzle tem algumas outras fotos que tirei de sombras e Mineralize Skinfinish.

Na quarta-feira tem um vídeo de comprinhas que fiz mostrando os produtos da coleção que trouxe, com outras opiniões e swatches “reais”, em outra luz.

 

A coleção já está à venda nas lojas físicas da marca e na Sacks.

 

 Boa semana!!

13 Comentários

  1. Anne

    1 de novembro de 2011 em 06:54

    Oi Clau, adorei as sombras!

    Para uma pessoa com olhos verdes e sem muita noção de maquiagem, qual das cores você recomendaria?

    Obrigada e Beijos!

    Parabéns pelo blog! 🙂

    1. Clau

      3 de novembro de 2011 em 08:23

      Oi Anne,
      Desculpa a demora em responder…
      Essas sombras da Semi-Precious são bem mais fáceis de trabalhar que outras mineralize.
      Sugeriria a Jade's Fortune, Clarity, Unsurpassable. Se quiser ousar Dark Indulgence.

      Bjs

  2. Alina

    22 de setembro de 2011 em 18:46

    Clau, pra que tu fizeste propaganda??? NA SACK'S esgotaram as cores vemelho e gold! =( mas eu consegui comprar a Azul e o iluminador Crystal Pink. São lindoooooos!! Se nao conseguir encontrar, certamente eles entrarão na próxima lista de pedidos com a Eviane. =) beijos.

    1. Clau

      22 de setembro de 2011 em 19:01

      Alina, dificilmente você encontrará com a Eviane porque são Ed Limitada e a coleção já saiu faz tempo nos EUA.
      A MAC daqui de Brasília tinha recebido reposição de quase todos os tons na semana passada. Dá uma ligada para lá (61) 3234 3130. Eles aceitam cartão e enviam para todo o Brasil (frete por conta de quem está comprando).

      Bjs

  3. Alina

    11 de setembro de 2011 em 22:36

    Meo deoooss… eu fiquei LOUCA com essas sombras!!!!! Que cores são essas???? E deu pra ver que na pele elas ficam lindas também, porque tem muita sombra que a gente vê por aí que quando vai passar, precisa de várias camadas ou fazer o truque de molhar o pincel pra cor aparecer… Já quero todas! Uma pena que aqui na minha cidade não tem loja da MAC =( mas vou procurar!!

    Beijos!

    P.S.: Como sempre, o blog tá maravilhoso e as matérias de muito bom gosto.

    1. Clau

      12 de setembro de 2011 em 05:56

      Alina,
      Veja se ainda tem na Sacks

  4. Bianca

    5 de setembro de 2011 em 11:45

    Clau, eu tenho o #128, mas não consigo saber qual lado é o sintético e qual é o natural… você sabe?

    Beijos

    1. Clau

      5 de setembro de 2011 em 13:41

      O lado sitnético é o de cerdas claras e o natural o de cerdas mais escuras.
      Bjs

  5. Isadhora

    5 de setembro de 2011 em 09:17

    Ameeeeei as cores das sombras!!
    Um luxo!

  6. Pri T Cruz

    5 de setembro de 2011 em 07:04

    Oi Clau, minha makeup artist me ligou avisando que a coleção havia chegado e eu não resisti, deixei a preguiça de lado e dei uma passadinha …. Como foi bem rapidinho, pois o maridão estava do lado de fora esperando, não consegui ver todas as sobras com calma, mas fiquei encantada com o blush Pressed Amber, e ele acabou vindo para casa… Só na dúvida cruel de qual sombra comprar: Mineral Mode ou Smoked Ruby ….

    Beijos.

    1. Clau

      5 de setembro de 2011 em 07:51

      A Mineral Mode e a Smoked Ruby são bem diferentes entre si. Recomendo experimentar a Smoked Ruby porque a combinação fundo escuro + cobre avermelhado, pode deixar algumas pessoas com a aparência meio abatida, ressaltar olheiras…
      A Mineral Mode é aquela que não tem muito erro. Ilumina o olhar e fica bem em qualquer tom de pele. É mais versátil.

      Bjs

  7. denisevictoy100

    5 de setembro de 2011 em 06:36

    oi amiga, gostei da resenha!!!! acompanho todas, porque adoro suas dicas!

    Eu comprei o Cristal Pink, vc acha que ela pode ser usada como blush também? vc acha a cor dele meio parecida com a Pressed Amber? As meninas me falaram que a Cristal Pink poderia ser melhor, porque ainda conteria um iluminador! Quall é a sua opinião?

    1. Clau

      5 de setembro de 2011 em 07:47

      Denise,
      A meu ver e no meu tom de pele o Crystal Pink é bem diferente do Pressed Amber, tanto na textura quanto no efeito iluminado. Mas isso também vai depender do seu tom de pele e para o que você deseja.
      O Pressed Amber acho que dá para ser usado de dia. Já a parte central do Crystal Pink acho muito iluminada para ser usada de dia. Mas isso também vai do critério de cada um e proposta de uso.
      Você já testou o seu como blush?

Deixe sua opinião ou comentário