Posts

Máscaras “detox” para a pele

chamada detox

Imagens: Sephora

 

Embaladas pelo estilo oriental de cuidar da pele, a mais recente “leva” de máscaras faciais prometem vários passos de tratamento em um único produto: esfoliar, alisar, clarear e, também, desintoxicar a pele.

Porque por mais que a alimentação seja balanceada e cuidadosa, o stress da vida corrida de todas nós, a poluição e variações climáticas, afetam e, sim, estressam a pele. Para esses casos ou para aqueles de “socorro imediato”, as super máscaras detox são a solução.

Testei três das mais bem conceituadas máscaras nesse quesito: GlamGlow (em duas versões, esfoliante e clareadora) e a máscara à base de carvão da Origins.

 

Texturas:

 

Mascaras detox

 

Entre as três, a GlamGlow Youthmud é a que tem a textura mais diferente das outras, por ser mais espessa e com partículas maiores, esfoliantes. As outras duas – GlamGlow Supermud e a Origins – têm textura e propostas parecidas. O que diferencia (e muito) é o preço.

Falarei das particularidades e efeito de cada uma delas:

1- GlamGlow Youthmud (ou GlamGlow esfoliante, como é mais conhecida):

Uma máscara esfoliante que deixa a pele visivelmente radiante e brilhante. Ativa a síntese de colágeno, promove uma esfoliação na pele e ajuda a deixar a pele mais suave e brilhante, melhorando sua textura e diminuindo os poros. Proporciona uma aparência mais jovem. Absorve as impurezas sem retirar os óleos naturais e ajuda a proteger contra os danos dos radicais livres.

O pote de Glamglow é gelado, o que mantém todos os ingredientes na temperatura ideal, além de manter a conservação necessária ao produto. É extremamente recomendado que a tampa fique bem fechada após cada uso para preservar as propriedades de cada componente da fórmula e para evitar o ressecamento excessivo.

Modo de usar: aplique uma fina camada da máscara. Espere pelo efeito de formigamento, que ocorrerá em 10 minutos ou menos. Remova a máscara com água, fazendo movimentos circulares para esfoliar. Use duas vezes por semana ou quantas vezes desejar.

*Por se tratar de um produto natural, pode haver ressecamento no produto, alterando sua textura e cor. Para que o produto retome sua textura ideal, basta adicionar algumas gotas de água e misturar.

Embalagem com 50 g.

Preço: R$ 199 (Brasil)

            U$ 69 (EUA)

Na foto das amostras (no início do post), é a que tem a textura mais espessa.

Lembra uma argila mal dissolvida e cheia de pedacinhos – possui rochas vulcânicas e folhas de chá verde trituradas.

Para aplicar, normalmente borrifo um pouco de água termal no rosto ou na quantidade que separei nas mãos, para ficar mais fácil de espalhar.

Conforme vai secando, dá uma sensação de “pinicar”. Seca em 10 minutos (o seu tempo de pausa).  Depois desse tempo, basta borrifar água para esfoliar a pele e soltar a máscara e, então, enxaguar completamente.

É a única das máscaras citadas que está à venda no Brasil.

Efeito:

Essa máscara é conhecida como “a queridinha das estrelas de Hollywood”. Reza a lenda que é um dos produtos mais usados antes dos red carpets sinceramente, acho que é apenas jogada de marketing e supervalorizar o produto (e o preço).

No uso em reles mortais, como eu, só costumo perceber o efeito no dia seguinte à aplicação. A pele fica mais purificada, textura mais fina e com aparência descansada e linhas suavizadas. O legal é que o efeito, em mim, dura alguns dias após o uso (uns 4, 5 dias).

Confesso que a “pinicação” me dá um pouco de nervoso. Mas a minha pele sistemática e sensível não teve nenhuma reação adversa à GlamGlow.

É uma máscara realmente diferente de todas que usei, porque associa a purificação à esfoliação e efeito tonificante/alisador. É tudo em um produto só.

 

2- GlamGlow Supermud (Clareadora):

Fui conhecer essa máscara quando estive nos EUA e comprei um kit com duas GlamGlow (uma em tamanho regular e uma miniatura) e vi que no kit vinha essa de embalagem branca.

Segundo a marca:

Ajuda a combater os problemas de pele mais comuns, incluindo espinhas, cravos, descoloração da pele, reações alérgicas, sendo, inclusive, indicada para homens que costumam ter problemas de reação de sensibilidade ao barbear e pêlos encravados.

A argila de efeito clareador, absorve as impurezas e descongestiona a pele, enquanto uma mistura de seis ácidos clareia e suaviza a pele. 

Possui em sua fórmula carvão ativado, que possui um efeito que magnetiza as impurezas, limpando os poros e deixando a pele com aparência mais suave e saudável.

Embalagem com 50 g.

Preço: R$ 199 (Brasil)

            U$ 69 (EUA)

Efeito:

Quando vi que o pote maior era dessa máscara, pensei: “Me empolguei e comprei o produto errado” – e não paguei barato, mesmo lá fora. Mas, depois, lendo a descrição, vi que essa era mais indicada para a minha pele que a esfoliante.

E, realmente, gostei mais dela que da primeira.

Ela também tem o efeito esfoliante e “pinicante”, mas bem mais suave que a máscara original, além de ser bem mais fácil de aplicar e retirar.

O resultado na minha pele foi bem o que preciso: pele suavizada, ajuda nas crises de acne, pele com aparência mais fresca, clara, limpa.

É indicada para pessoas de peles sensíveis e com tendência à acne, podendo, inclusive, ser usada quando as espinhas estiverem inflamadas, porque tem efeito descongestionante. A marca até recomenda aplicar uma pequena quantidade nas espinhas inflamadas, à noite e retirar pela manhã. Quem já usou dessa forma diz que ajuda mesmo a secar as espinhas.

Ainda não usei assim porque tenho tido pouquíssimos episódios de acne inflamada recentemente – e viva o santo Blemish da Skinceuticals!

Se tivesse que escolher entre os dois tipos, certamente, escolheria esta máscara.

 

P.S.: A marca lançou recentemente uma terceira GlamGlow, de efeito mais hidratante (e tão elogiada quanto suas “irmãs”):

Glamglow Hydrating

 

3- Origins Clear Improvement:

 

Promete purificar a pele, limpar cravos, secar espinhas, desintoxicar a pele e contrair os poros. Também possui na fórmula carvão ativado, para atrair as toxinas e impurezas, retirando-as da pele no momento que a máscara é retirada.

Embalagem com 50 e 100 ml

Preço: entre U$ 17 (50 ml) e U$ 24 (100 ml)

[Dependendo da loja, você ainda encontra por U$ 8 um kit para 4 aplicações]

Efeito:

Tanto a textura quanto efeito são bem similares ao da GlamGlow Supermud. A diferença está, primeiramente, no preço (mais da metade, pelo dobro de produto).

A máscara da Origins não “pinica” e é bem mais fácil e suave de aplicar, além de precisar de bem menos produto Porém, custa mais a secar (uns 20 minutos, contra 10 da GlamGlow).

Das três que citei nesse post, foi a que a minha pele respondeu melhor e mais visivelmente. A pele fica realmente linda, lisa, com aparência mais clara, leve e purificada – mais até que a GlamGlow Supermud, que tem os mesmos princípios.  A ponto de o meu marido reparar e perguntar se tinha feito algum tratamento diferente na pele, que parecia mais clara e mais bonita.

[E, quando homem repara, é porque o efeito é notável mesmo]

Pena que comprei o kit com 4 aplicações, porque, das três, é minha favorita.

Como ainda tenho uma GlamGlow com o mesmo efeito praticamente cheia, só irei repor a Origins depois que aquela acabar.

 

Fiquei feliz em saber que a Cosme-de tem dela para vender (e com frete grátis). U$ 34 a de 100 ml.

Reposição garantida no futuro!

1 Comentário

  1. basemaniaca

    23 de março de 2014 em 17:55

    Nossa, estou morrendo de vontade de usar uma boa máscara! Uma dessas que a gente consiga perceber a diferença!! Acabei comprando uma da Caudalie e não achei lá grandes coisas!
    Vou anotar a da Origins pra próxima viagem…

Deixe sua opinião ou comentário