Posts

Oil Reflections, Wella – o óleo que fez o MoroccanOil perder o posto de favorito

oil_reflections

Imagem: divulgação Wella

 

Se tem uma coisa que cabeleireiros e gente que trabalha em salão deve ter raiva de mim é porque dificilmente conseguem me convencera levar produtos que sugerem. Especialmente porque o salão que vou (You, aqui em Brasília) tem a tal da opção do “lavatório especial”, quando aproveito para pedir que eles usem os produtos que sugerem ou quero conhecer. Se não funcionar no meu cabelo, pelo menos não paguei pelo preço integral do produto. Quando levo o produto que usaram em mim no salão é porque usei e aprovei.

Em contrapartida, adoro experimentar coisas novas. Foi o que aconteceu com esse óleo da Wella. Em um dos dias que pintei meus cabelos, a equipe do salão estava usando o produto para mostrar às clientes. Foi usar e me apaixonar na hora, vendo meus cabelos secarem.

A fórmula do Oil Reflections:

Óleo antioxidante hidratante, multi-sensorial, com óleo de semente de macadâmia, óleo de abacate e vitamina E (conhecido como um antioxidante natural).

Hidrata os cabelos, dando brilho, toque suave e maleabilidade.

Aumenta em até 86% o reflexo da coloração de Wella Professionals (que é a marca da minha).

Pode ser usado no cabelo molhado ou seco e misturado à mascara de hidratação.

Embalagem com 100 ml

Venda restrita a salões de beleza.

Preço médio:  entre R$ 80 – 90 (aqui no Brasil)

Mas vi que tem dele na Loja Glamourosa a aproximadamente R$ 60, com frete e o desconto do blog.

A textura é bem fininha e o óleo é transparente. Não deixa resíduo oleoso nos cabelos nem nas mãos.  Você percebe que os cabelos absorvem o produto de imediato.

Dois pumps são suficientes, para um cabelo médio a longo.

Assim que aplicaram em mim no salão (com os cabelos molhados, antes de secar), senti que o cabelo ficou super leve, macio, com um brilho lindo. Amei!

Usei como finalizador e achei igualmente bom. Não pesou o cabelo, abaixou o frizz e deixou uma textura leve, macia e sedosa.

Nos cabelos molhados, percebi que ele se sai melhor antes do uso do secador que ao deixar secá-los naturalmente.

Quem tem cabelos mais finos, pode usar sem medo que não pesa. Por sinal, no salão recomendam para este tipo de cabelo, em especial os finos com reflexos/ballayagem.

Gostei tanto que, depois de quase quatro anos de uso contínuo,  o MoroccanOil perdeu o posto de meu óleo favorito – ultimamente só uso misturado à tintura, pois acho que realça os reflexos avermelhados.

Deixe sua opinião ou comentário