Posts

Orofluido Elixir, Revlon (e comparação com o MoroccanOil Treatment)

 

Uso o MoroccanOil Treatment há quase três anos e desde então só havia usado além dele um outro produto (sem argan) para finalizar os meus cabelos, o elixir da Ecru.

Como tanto meu MoroccanOil quanto o serum da ECRU estão acabando, decidi testar outro elixir à base de Argan, até para conhecer os de outras marcas.

Vi em uma loja aqui perto de casa o Orofluido, da Revlon. E o melhor, eles tinha disponível um vidrinho de 10 ml, ótima opção para testar.

Orofluido Elixir é um tratamento que proporciona sedosidade, leveza e brilho aos cabelos. Envolve os fios deixando-os suaves, sedosos e fáceis de pentear.

Adiciona corpo e movimento, além de disciplinar e doar brilho instantâneo e deslumbrante. Indicado para todos os tipos de cabelo!

Ação

Não precisa ter medo dos seus fios ficarem pesados ou oleosos, pois sua fórmula suave age de maneira eficaz até nos cabelos mais finos. 
Contém em sua fórmula uma apreciada mistura de Óleos Naturais:

Óleo de Argan: Famoso entre as celebridades, fortalece o cabelo proporcionando leveza e suavidade.

Óleo de Linho: Cria uma película protetora que sela e suaviza a cutícula capilar.

Óleo de Cípero: Confere suavidade e volume, deixando o cabelo maleável fácil de pentear e flexível.

Resultado

Cabelos Úmidos: Cabelo leve, solto, fácil de pentear, encorpados e com brilho excepcional! 
Cabelos Secos: Cabelo controlado, fácil de pentear, disciplinado e com brilho excepcional!

Conselho de Aplicação:

Se os fios estiverem úmidos coloque na palma da mão uma quantidade do tamanho de uma moeda e espalhe por todo o comprimento. 

Se os fios estiverem secos, diminua um pouco da quantidade, coloque na palma da mão e controle o frizz.
Sua rápida absorção, não deixa resíduos, nem aspecto pesado.

Dica profisional: Como leave-in e reparador de pontas. Aplique de 2 a 5 gotas (de acordo com o comprimento e volume dos fios) no cabelo úmido, especialmente nas pontas e seque como de costume.

Embalagens com 50 e 100 ml.

Preço médio (Brasil): de R$ 110 (50 ml) a R$ 180 (100 ml)

                            (Exterior): de U$ 20 (50 ml) a U$ 40 (100 ml)

Fonte: Beleza Na Web

Textura e cheiro:

A textura é a de um óleo/serum mais encorpado. Li comentários dizendo que o cheiro é um pouco diferente do Moroccan, mas achei praticamente igual.

Efeito nos cabelos:

Apesar da textura ser um pouco mais espessa, achei que na hora de aplicar (esfrego as palmas das mãos e aplico no comprimento dos cabelos) o Oroflfuido espalha fácil e é logo absorvido pelo cabelo.

Meus cabelos ficam super leves, macios e fininhos, como cabelo de bebê.

Deu muito brilho e fez com que a secagem usando o secador fosse mais rápida.

 

Comparação com o MoroccanOil Treatment (tradicional e versão light):

A comparação entre os dois produtos é inevitável, já que ambos possuem óleo de argan, tem textura e cheiro bem semelhantes.

O Orofluido é um pouco mais espesso que o Moroccan, mas em contato com as mãos parece ser mais fininho e leve – não tão leve quanto a versão light do Moroccan

Pra fazer a comparação exata entre os dois, lavei os cabelos, dividi-os  pela metade e de um lado apliquei o Moroccan e no outro o Orofluido.

Absorção pelo fio (cabelos molhados): O Orofluido é absorvido imediatamente e parece que se incorpora aos fios. O Moroccan dá a sensação de que tem uma película sobre os fios, você sente ainda o produto na superfície do cabelo, se passar a mão sobre ela.

Se comparado ao Moroccan Light, ambos tem a absorção rápida pelo fio e não deixam o fio com a sensação de que algo foi aplicado nele.

Tempo de secagem (ao natural) e textura do fio: o lado do cabelo que apliquei o Orofluido secou mais rápido e o fio ficou mais fininho e leve que o lado do MoroccanOil, que demorou um pouco mais a secar.

Ambas as partes do cabelo ficaram com aparência saudável e textura macia e frizz controlado, o que mudou mesmo foi a textura que cada um deu aos fios.

Porém, o lado do MoroccanOil (tanto na versão tradicional quanto na light) ficou com o repicado do meu ficou mais definido e deu um pouco mais volume.

Secagem no secador e efeito: Como falei acima, achei que o Orofluido diminui o tempo da secagem. Tem gente que nota isso com o Moroccan, mas eu nunca notei.

O lado do Orofluido, por ter ficado ficou muito leve e fininho, perdeu um pouco a definição, mesmo modelando com a escova.
Já o lado do Moroccan já estava com as camadas e o repicado praticamente definido quando usei o secador, bastou dar um arremate final.

Em termos de brilho e redução de frizz, achei que o efeito foi o mesmo com os dois seruns.

Pelo fato do cabelo ter ficado mais fininho com o Orofluido, achei que ficou com mais balanço e movimento.

 

Avaliação final:

Os dois são igualmente bons. O que vai definir “o amor” por um e por outro será o tipo de efeito que você mais gosta.

Quem gosta de cabelos tratados, mas com um pouco mais de volume, irá preferir o Moroccan. Assim como quem gosta de uma definição natural de cachos ou repicado do cabelo.

Quem gosta de cabelos lisos e fininhos, mais “escorridos”,  irá gostar mais do Orofluido.

Já a versão light do Moroccan seria o intermediário entre o Orofluido e o Moroccan tradicional. Tem textura fluida, deixa os cabelos leves e fininhos como o Orofluido, mas sem deixá-los excessivamente minguados no dia seguinte

Entre o Moroccan tradicional, o light e este, gostei mais do Moroccan Light porque deu uma textura fininha e leve, mas não minguou tanto os cabelos no dia seguinte. Com a vantagem que o Moroccan Light você pode aplicar entre as lavagens, para abaixar o frizz, que, de todos os que mencionei aqui é o que menos pesa nos cabelos.

Pretendo deixar o Orofluido para o uso entre um procedimento e outro de selagem, quando o cabelo começa a recuperar a forma natural, para protelar um pouco o procedimento. Para isso, acho que será perfeito.

 
O preço aqui no Brasil é alto. Mas uma embalagem de 100 ml dura praticamente um ano, dependendo do comprimento e volume do seu cabelo. Na minha opinião, vale o investimento, já que usando um produto destes o tratamento dos cabelos se dá de maneira contínua, complementando a hidratação semanal/quinzenal e, podendo até diminuir a frequência entre as hidratações.

Alguns sites que enviam para o Brasil vendem o Orofluido a um preço mais acessível (recomendo a Loja Glamourosa – onde tenho feito minhas compras atualmente). É a opção para quem quer fugir dos preços altos que as lojas daqui cobram. Mas vale lembrar que a Receita Federal está em operação e todas as encomendas internacionais tem demorado bastante para chegar.

7 Comentários

  1. Maíra

    12 de julho de 2013 em 16:29

    Como não achei o óleo Moroccanoil, comprei o Orofluido no Uruguai e paguei $15,00. Na verdade não conhecia nenhum dos dois, só mesmo de comentários na net, mas por esse preço fui obrigada a comprar!!! (kkkkk)

  2. Dani

    1 de junho de 2013 em 12:09

    Oiii, comprei no Mercado Livre também, já estou usando a 1 semana. Ele é MARAVILHOSO.

  3. Tábata

    11 de fevereiro de 2013 em 16:15

    eu amo o orofluido super vale o investimento!

  4. Simone

    28 de novembro de 2012 em 09:00

    Uso ele a uns 20 dias e a diferença é incomparável. O resultado é impressionante, mas não da pra abusar. Um pouquinho espalhado nas mãos já é o suficiente. Comprei o meu no Mercado Livre melhor preço que encontrei na internet.
    Enfim os produtos da REVLON sempre são mara… Bjux

  5. Giovana

    16 de junho de 2012 em 01:48

    Clau, você já experimentou aquele óleo de argan da Inoar? Eu ganhei uma amostrinha e não achei nada demais… Não é um produto ruim, mas também não é isso tudo que o povo fala (e achei o cheiro meio esquisito). Foi o único óleo de argan que testei até agora e confesso que super me desanimou a testar os de outras marcas. Afinal, não sei se o da Inoar que é não é tão bom assim ou se meu cabelo não curtiu muito essa onda de argan, porque meu marido adorou! Até comprei o vidro maior pra ele… Eu, por enquanto, estou preferindo o meu Magic Gloss, da Matrix, e o silicone daquela linha Full Repair, da Jonh Frieda.

    1. Clau Melo

      16 de junho de 2012 em 09:45

      Ainda não Giovana.
      Estava com um MoroccanOil que havia comprado com a Dalit no ano passado e só agora que ele está acabando que fui ver as outras opções a ele.
      Nesse meio tempo usei o serum da ECRU que gostei muito.
      Um que testei e não falei sobre ele aqui no blog foi o óleo de argan 100% puro. Esse, não gostei para os cabelos, mas amei para misturar ao hidratante. Também não gostei do cheiro.
      De repente, esse da Inoar tem uma concentração maior de argan na fórmula, o que pode ter feito você não gostar dele. E pode ser que o pessoal esteja se empolgando com ele por causa do preço.

      Produto de cabelo, antiidade e máscara de cílios são coisas complicadas, porque não há unanimidade. O efeito varia muito de uma pessoa para a outra.
      Essa linha Full Repair da John Frieda é maravilhosa! Acho que você não está perdendo em usá-la no lugar do argan.
      Bjs

  6. Carol

    8 de junho de 2012 em 22:35

    Uso o Orofluido a pouco mais de um ano, e amoooo! Gosto do cheiro, da textura… lembro que quando comprei (acho que foi U$35) veio de brinde o shampoo, então valeu super a pena.

Deixe sua opinião ou comentário