Posts

Pura riqueza: Jour D’Hermès e Maison Martin Margiela Untitled

perfumes riqueza

Imagens: Reprodução

 

Conheci recentemente dois perfumes que considerei fragrâncias luxuosas (inclusive no preço):

 

Jour d’Hermès:

Jour_dHermes_Hermes

 

Inspirada na Luz do dia, um dos temas fundadores da casa. Esta nova fragrância expressa a sensibilidade e a exclusividade da casa Hermès.

A Luz, a ferramenta essencial, sem a qual os artesãos não poderiam trabalhar. Sem ela, não poderia julgar a qualidade de suas criações. Ela acompanha o trabalho dos artesãos de Hermès desde a madrugada e permite o nascimento de cada objeto.

A Luz é uma gênese e cada dia um renascimento. A Luz de Hermès renova a mulher a cada dia, realçando sua beleza e celebrando a vida. Jour d’Hermès é a história do renascer diário de uma mulher que expressa livremente a sua feminilidade, estabelecendo um diálogo entre a Luz (perfume), e a pele.

 Jour d’Hermès é o perfume de uma mulher que nasce e renasce… 

Para esta fragrância, Jean-Claude Ellena, perfumista da casa, tinha dois desejos: algo eminentemente feminino e, claro, a Luz! Parecia que a essência da feminilidade eram as flores, “flores em abundância”. Flores da manhã, exuberantes, frescas e leves, que recebem a luz. Flores da tarde, carnais e sensuais, que liberam grandiosamente sua essência.

No frasco, uma base quadrada com curvas e silhueta sutis, como um ombro descoberto se revelando pela luz. Uma gota de perfume suspensa numa massa de vidro, elevada a sua máxima expressão para a assinatura Jour d’Hermès. Uma tampa que remete ao ouro, e iluminado pelo branco. A ex-libris de Hermès, um emblema que conecta a Casa. Na embalagem , com um branco luminoso, a ex-libris está gravada no centro da embalagem. A borda Bistre, e a textura do papel retirado da caixa laranja, são apresentados com uma nova visão. O branco, é a cor-assinatura deste perfume. O nome Jour d’Hermès, gravado em ouro, é uma nova identidade, contemporânea.

Preço: entre U$ 90 (duty free e EUA) e R$ 457 (Brasil) – embalagens com 50 ml

Conheci esse perfume quando recebi uma amostra dele na Saks, nos EUA. Ganhei aquele vidrinho de amostra que vem dentro de um cartão, que a vendedora havia borrifado com o perfume, poucas horas antes de voltar para o Brasil.

Aquele cheiro “rico” ficou  emamando por toda a viagem, cada vez que abria a bolsa. A primeira coisa que fiz quando desembarquei foi saber o preço dele no duty free – U$ 90 (50 ml)!!
Como a fila para pagar estava enorme, estava super cansada e ainda tinha que pegar outro vôo, acabei deixando para lá.

Ainda bem. Porque, na minha pele, o Jour d’Hermès não ficou nada parecido com o cheirinho do papel. Ficou uma fragrância atalcada, enjoativa. Cheiro de perfume que fica guardado muito tempo, sem uso.

Uma pena…

 

Maison Martin Margiela Untitled:

maison-martin-margiela-untitled-perfume

 

Recebi uma amostra desse numa compra que fiz em uma loja online da Holanda.

Não sabia o quão “fino” ele era até pesquisar para comprá-lo.

A maison desafia todas as convenções e deixa sua primeira fragrância expressar-se por si só. 

Inspirada nos frascos usados pelos antigos boticários, o vidro parece ter sido mergulhado em tinta antes de ser selado com finas fibras em algodão, refletindo a essência artesanal da maison e seus artistas.

A fragrância foi elaborada com ingredientes nobres e raros. Um contraste inesperado entre notas frescas e verdes juntamente com a sensualidade da combinação de almiscar branco e olíbano, criando um rastro único, harmonioso e sensual.

Preço: a partir U$ 100 (vidro com 50 ml)

 

A descrição da marca para a fragrância é exata: a mistura perfeita entre o frescor e o adocicado, leveza e sensualidade. Tem um início fresco e, depois, vem notas mais adocicadas e atalcadas na medida certa. Diferente da maioria dos perfumes que já usei. Bem incomum.

Pena que é tão difícil de encontrar para vender, o que o torna inclusive difícil de encomendar. Porque vale o preço, viu?

Fica para a lista de desejos de uma próxima viagem…

1 Comentário

  1. Maggie

    2 de abril de 2014 em 21:41

    Quando vi o vidro do Hermes apaixonei-me, depois senti o aroma no folder com marca em autorelevo, por fim, consegui uma amostra para experimentar na minha pele…decepção total.

Deixe sua opinião ou comentário