Posts

Testei: Esmalte e Top Coat gel

Sensationail

Kit com esmalte gel para ser usado em casa, Nailene

 

Algo que notei que estava “muito em moda” nos EUA eram os esmaltes com fórmula gel. Este tipo de esmalte promete durabilidade prolongada (até 2 semanas), sem perder o brilho, lascar ou descascar.

Aqui no Brasil, alguns salões top e especializados em unhas já oferecem esse tipo de “esmaltação”, mas não costuma ser barato e nem todas as profissionais têm a total habilidade para a aplicação desse tipo de fórmula, que requer muita experiência e domínio do material, para ter um bom acabamento.

O processo consiste em:

1 – Preparação das unhas: a superfície das unhas é polida, depois usa-se um produto aplicado com um lencinho lencinho que não solta fiapos (cleanser) e, em seguida, um produto chamado “primer”, que é um pré-esmalte, com uma textura bem líquida, mas de acabamento meio pegajoso.

2- Base: Depois dessa etapa, aplica-se a base em gel, que deve ser aplicada sem contato com a cutícula – porque se escorrer, não há como retirar o excesso. Por isso a manicure tem que dominar muito bem a técnica e conhecer a textura do esmalte.

Aplicada a base, deixa-se a unha secar por 30 segundos (cada mão), em uma mini-câmara com lâmpadas LED. Esse processo chama-se “curar” o esmalte gel.

3- Esmalte: Aplica-se uma camada fina do esmalte, da mesma maneira que fez-se com a base – sem contato com a cutícula – e deixa curar por mais 60 segundos na câmara LED.

Em seguida, aplica-se a segunda camada e cura-se por mais 60 segundos na câmara LED.

4- Finalização: Aplica-se um top coat transparente e  cura-se por mais 30 segundos na câmara LED.

Em seguida, é feito o arremate com o gel cleanser com o tal lencinho que não solta fiapos (o mesmo que foi usado na parte de preparação).

Seguindo todas as etapas direitinho, os fabricantes prometem um acabamento envernizado e com alta durabilidade.

Para retirar é que está uma das controvérsias desta fórmula de esmaltes:

Opção 1 (chamada de soak-off method): Primeiro, usa-se uma lixa de polimento para “quebrar” a camada de top coat. Em seguida, deixa-se as unhas imersas por 15 minutos em removedor super concentrado (com, no mínimo de 80% de acetona na fórmula). Passado esse tempo, o esmalte apenas amolece e você usa uma espátula para desgrudar o esmalte das suas unhas e, em seguida finaliza com a lixa de polimento para retirar os resíduos que ficaram nas unhas.

Opção 2 (chamada de wrap method/envelopamento): Usa-se uma lixa de polimento para “quebrar” a camada de top coat, coloca-se um chumaço d algodão com a acetona super concentrada em cada unha, envolve-se a ponta de cada dedo com pedaço de papel alumínio e deixa-se assim por 15 minutos.

Passado esse tempo, o esmalte apenas amolece e você usa uma espátula para desgrudar o esmalte das suas unhas e, em seguida finaliza com a lixa de polimento para retirar os resíduos que ficaram nas unhas.

Esse método de retirada é super agressivo para as unhas, seja pela exposição à acetona super concentrada mas também pela fricção das etapas de retirada com a espátula e polimento que, se feitas por pessoas inexperientes, podem trazer danos sérios à superfície das unhas.

 

Minha experiência com o esmalte gel:

Já tinha feito aqui em Brasília, no The Nail Bar, a parte de finalização das unhas com o top coat gel e, para mim, não funcionou muito bem, porque custou a secar, mesmo horas depois do tempo de “cura” na lâmpada LED.

Quando cheguei nos EUA e vi os kitzinhos (que já sabia que existiam por causa da Mari, do blog Basemaníaca), claro que fiquei curiosa com a engenhoca, ainda mais porque uma delas era da Nailene – marca que já conhecia por causa das excelentes unhas postiças. Comprei uma destas e fui toda animada tentar fazer minhas unhas e… fuén

Ao chegar na etapa do esmalte, cadê que consegui aplicar direito?! Ficou tudo uma caca e tirei o esmalte.

O mais engraçado vem aí: a base continuou firme e forte nas unhas. Como o acabamento ficou até com cara de mãos mais limpinhas depois da retirada do esmalte, deixei a base. E ela permaneceu quase que infinitamente nas minhas unhas.

Experimentei muitos esmaltes, retirava-os com acetona/removedor comum, que saíam, mas a base continuava lá, intacta. E só consegui retirar depois de ler “a bula” que acompanha o kit e usar o método de envelopar as unhas/remover com a espátula/polir. Só não foi trágico porque era apenas a base e para retirar com a espátula, uma passada leve resolveu.

Agradeci aos céus de ter desistido de trazer outros esmaltes com essa fórmula e ter trazido apenas o top coat, para fazer apenas a parte da finalização em casa. A câmara LED não seria de todo um desperdício, pois é muito procurada por manicures que aplicam unhas em gel e poderia repassá-la. Ou até mesmo usá-la para secar as unhas em casa.

Foi aí que fiz o teste de aplicar somente o top coat em gel, após o esmalte comum, secá-lo por 30 segundos na câmara LED e ver no que dava.

E deu certo! O esmalte durou bem mais tempo intacto e, a retirada não precisou de fricção nenhuma – deixei a unha com algodão e removedor de esmaltes comum (ou naqueles removedores que já vêm com a esponja acoplada no pote) por alguns poucos minutos e já foi o suficiente para amolecer e retirar o  restante do esmalte da maneira habitual, sem sacrifícios – o top coat amolece e fica com uma textura semelhante à de gelatina derretida.

top coat gel depois de 4 dias

Esmalte comum com top coat gel quatro dias após a manicure

O acabamento nas laterais das unhas ainda  fica a desejar porque é difícil pegar o jeito de aplicar bem direitinho sem encostar na pele e na cutícula, mas chego lá.

 

Recomendo para quem esteja interessada usar apenas a camada da finalização com o top coat (desde que a pessoa compre também a câmara LED, porque sem ela o gel top coat não seca de jeito nenhum).

O método de aplicação completo pode até ser interessante para se fazer antes de uma viagem, por exemplo, mas nunca com regularidade, por causa do processo de retirada, que achei super agressivo.

 

Mas, várias marcas “gringas” já estão criando esmaltes com a fórmula “gel like”- aparência, acabamento e durabilidade semelhantes a do gel, sem a necessidade da câmara LED para secagem e a retirada é feita com acetona comum. Seria uma fórmula intermediária entre o esmalte comum e o gel.

[Uma das marcas com este tipo de fórmula “gel like” é a nova linha “Fórmula X” da Sephora, que substituiu a antiga OPI by Sephora]

 

Ganhei de brinde um esmalte e top coat assim, mas ainda não testei. Quando o fizer, conto como foi na tagEsmalte da Semana“.

 
 Política de conteúdo e divulgação: 
Os produtos e serviços resenhados e mostrados no DZLBLOG pertencem à autora ou são cedidos pelas empresas ou estabelecimentos em cartáter de cortesia e/ou divulgação. 
As considerações feitas sobre os produtos e serviços testados/mostrados refletem as reais opiniões da editora.
Em caso de publicidade, os referidos posts levarão as "tags" #ad ou publieditorial.

6 Comentários

  1. Juliana

    17 de agosto de 2014 em 11:13

    Adorei sua postagem. Quero tentar usar somente o top coat gel em cima do esmalte comum. O que posso usar pra arrematar após a secagem na câmara UV? Algodão com álcool funciona? Estou com medo de usar acetona e estragar as laterais do esmalte. Obrigada

    1. Clau

      18 de agosto de 2014 em 17:43

      Juliana,
      Uso um produto próprio de finalização para esmaltes em gel (gel cleanser). Depois que passo o top coat, limpo e levo na câmara, e finalizo com esse cleanser próprio.
      Se for para fazer o acabamento o ideal é acetona, antes de ir para a câmara.

    2. Juliana

      18 de agosto de 2014 em 21:40

      Oi, Clau. Muito obrigada por sua orientação. Acontece que eu, muito ansiosa, não esperei sua resposta e passei o top coat com cuidado pra não encostar nas cutículas e coloquei a mão na cabine por 3 minutos, depois, passei um lenço demaquilante embebido em álcool 70 e o resultado não foi muito legal: Ficou uma superfície irregular sobre as unhas, parece que o top coat ficou concentrado em alguns lugares. Acho que preciso assistir a um vídeo pra fazer direito. Que tal? Acho que é uma boa ideia pro blog. RSRSRS
      Um abraço.

      1. Clau

        18 de agosto de 2014 em 21:52

        Juliana,
        Acho que o problema foi na finalização após a câmara. É esse produto que sela e termina de secar o gel. Se não aplicar, o top coat não seca, fica mole e grudento.
        O produto é esse aqui: http://dzle.me/gelcleanse

        A aplicação você fez exatamente como faço.

    3. Juliana

      18 de agosto de 2014 em 22:00

      Muito obrigada novamente. Na verdade ele secou perfeitamente. Acabei de assistir a um vídeo ( https://www.youtube.com/watch?v=bGzns-NAN_M ) de uma norte americana que também usou álcool pra finalizar. Acho que o meu erro foi que passei uma camada muito grossa de top coat, por isso a superfície ficou irregular. Quero ver quantos dias o esmalte vai durar nas unhas.

  2. Mayara Buss

    15 de agosto de 2014 em 14:22

    Adorei sua resenha! Comprei um Top Coat gel no PY e estava em dúvida se apenas ele, sem a base e esmalte gel, funcionaria. Supunha que sim, e sendo menos agressivo, mas agora estou mais segura ^^

    http://www.esmalteterapia.com.br/

Deixe sua opinião ou comentário